Revelam foto chocante de assassina após retirar bebê do ventre de jovem de 19 anos

Por Victória Bravo

Este mês, um caso brutal de assassinato e sequestro aconteceu em Chicago, no estado americano de Illinois e chocou o mundo.

Marlen Ochoa-Lopez, uma jovem de 19 anos de idade, grávida de nove meses, foi estrangulada e teve o bebê arrancado da barriga depois de visitar a casa de Clarisa Figueroa (46) e sua filha Desiree (24), que a atraíram pelo Facebook com anuncio de roupas de bebê gratuitas.

Agora, uma foto da mulher acusada de retirar o bebê da jovem foi divulgada pela CBS. A emissora afirma que a imagem em que Clarisa aparece emocionada ao olhar para o bebê sequestrado foi clicada apenas algumas horas depois que ela assassinou e jogou o corpo de Marlen em uma caçamba de lixo.

foto Reprodução / CBS

Após o crime ocorrido em 23 de abril, Clarisa fingiu que tinha dado à luz ao bebê em casa e que seu filho passava por complicações. A polícia só descobriu do encontro marcado com a jovem no dia 7 de maio. Após a suspeita, um teste de DNA negativo e o corpo da vítima encerraram o caso.

Autoridades suspeitam que a mulher pretendia criar o bebê como seu depois que um filho de 20 anos havia morrido de causas naturais.

Do México, os parentes de Marlen viajaram para Chicago esta semana para comparecer ao funeral. Desolados, eles pediram à comunidade que fizesse orações pelo bebê Yadiel, hospitalizado em estado grave.

Clarisa e Desirée Figueroa enfrentam acusações de assassinato e por causar sérios danos cerebrais a um menor. Pete Bobak, namorado de uma das assassinas, também foi preso por encobrir o crime.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo