Mulher que passou 7 anos tentando divórcio finalmente deixa marido abusivo e dá festa para comemorar

Por Rodrigo Almeida

Bolo de dois andares, balões, decoração e uma mulher feliz. A festa poderia muito bem ser o anuncio de uma união para o resto da vida, mas, no caso da gerente administrativa Catherine Navarro, os dizeres “felizmente divorciada” davam um tom diferente.

Natural de Nova Jersey, Catherine casou-se às pressas com 20 anos de idade, e ficou casada por 15 anos.  No entanto, segundo a mulher poucos desses anos foram felizes. Segundo reporta o Daily Mail, o casamento rapidamente tornou-se tóxico e a paixão que a levou casar-se rapidamente logo virou um pesadelo.

cat Reprodução/ midias sociais

A primeira vez que a moça entrou com pedido de divorcio foi em 2012, e este foi prontamente negado por parceiro dela. Navarro recebeu várias negativas do então marido, até que um dia ele desapareceu.

Judicialmente, isso era um problema para Catherine, pois ela precisava encontrar o marido para terminar a união. A justiça americana diz que quando um cônjuge desaparece o outro deve esgotar todas as instâncias de busca e provar que o fez para ter direito à separação.

cat Reprodução/ midias sociais

O processo durou sete anos, e para comemorar Catherine Navarro deu uma baita festa comemorando a liberdade. “Foram anos de processo, e, no dia que eu finalmente consegui me livrar, eu decidi organizar uma festa e chamei os meus amigos mais próximos que estiveram ao meu lado para celebrar meu novo começo”.

Catherine finaliza dizendo que recomendaria uma festa de divorciado para qualquer um que se sentisse como ela, “melhor do que se afogar em memorias ruins”.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo