Pais do DJ Avicii criam fundação de prevenção ao suicídio

Por Metro Jornal

Os pais do DJ Avicii criaram, em memória ao artista morto no ano passado, uma fundação focada em cuidados mentais e prevenção ao suicídio. Aos 28 anos, Tim Bergling (nome de nascença do músico) foi encontrado morto em um hotel em Omã, no Oriente Médio, no dia 20 de abril de 2018.

A organização, chamada Tim Bergling Foundation, busca apoiar financeiramente pessoas e organizações que trabalhem com a saúde mental, além de contribuir em outras causas relacionadas à sustentabilidade, como mudanças climáticas e conservação da natureza e de espécies ameaçadas de extinção.

Veja também:
Em protesto contra municipalização da saúde, indígenas invadem prefeitura
Desembargador se desculpa após repercussão de vídeo ao lado de Leonardo em que ofende juízas

"Tim queria fazer a diferença. Começar uma fundação em seu nome é nossa maneira de honrar sua memória e seguir agindo em seu espírito", afirmou a família, em nota. No YouTube, a música mais famosa de Avicii, Wake Me Up (2013), possui mais de 1,6 bilhão de visualizações.

No Brasil, é possível entrar em contato com o CVV (Centro de Valorização da Vida) gratuitamente pelo telefone 188 ou no site oficial para buscar apoio emocional com sigilo total. Procure ajuda.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo