Cachorrinha cai em bueiro na zona leste de SP e é salva por bombeiros

Por Metro Jornal

A cachorrinha Cyndy havia fugido de casa de seu dono, na Vila Matilde, zona leste de São Paulo, no último sábado. Com 16 anos, o animal já estava bem debilitado, e tinha dificuldade para andar. Mas isso não o impediu de sair e desaparecer nas ruas do bairro.

Ao procurá-la, seu dono foi alertado que Cindy havia caído em uma galeria de água pluvial, e aí começou a corrida contra o tempo para encontrá-la e salvá-la antes de começasse a chover.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e eles começaram a vasculhar as galerias da rua. Diversas tampas de bueiro foram abertas, mas Cindy não estava em nenhum deles. Como as galerias são todas interligadas, ela poderia estar em qualquer lugar.

“Abrimos diversas tampas de bueiros para tentar achar a Cindy, seguindo uma rota que achávamos que ela teria feito. Decidimos, em certo momento, procurar em uma outra rua, até que ouvimos o latido dela e um colega entrou na tubulação para resgatá-la”, contou o cabo César Eduardo Ferroni.

O trabalho de resgate demorou cerca de 3 horas. Um dos bombeiros entrou na tubulação pluvial e se arrastou cerca de 200 metros para alcançar o animal, que foi salvo sem ferimentos e entregue a seus donos.

“Foi bem difícil encontrá-la porque a tubulação era apertada. Quando ouvimos ela chorando, recuperamos a esperança. Fiquei emocionado ao resgatá-la. A gente fica envolvido, principalmente quando também temos animais de estimação em casa”, disse o soldado Artur Barros de Carvalho.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo