Cachorro que sobreviveu a incêndio ficou um mês esperando família voltar

Por Metro Jornal

Um cachorro que sobreviveu ao incêndio que atingiu a Califórnia, nos Estados Unidos, ficou um mês esperando seus donos voltarem para buscá-la nos destroços.

No dia 8 de novembro, Bill Gaylord havia saído para tomar um café. Quando voltou para casa, só deu tempo de acordar a esposa Andrea e fugir do fogo que começava a se alastrar pela residência.

Até que Bill teve de tomar uma das decisões mais difíceis de sua vida. Em poucos minutos, ele tinha que colocar seus dois cachorros, Madison e Miguel, no carro e escapar, mas os animais estavam inquietos pelo barulho dos socorristas e a fumaça densa. Pela própria sobrevivência e da mulher, o homem de 75 anos abandonou seus cães.

Madison’s parents were unable to get home to him when the Camp Fire spread. They hoped and prayed he would be OK. When…

Posted by K9 Paw Print Rescue on Wednesday, December 5, 2018

A chance dos animais sobreviverem era mínima, quase impossível. Mas esta história tem final feliz. Em 19 de novembro, uma voluntária do grupo de resgate de animais Cowboy 911 voltou para tentar encontrá-los. Os primeiros dias de buscas não tiveram sucesso, mas Shayla Sullivan decidiu deixar água e comida, na esperança de que eles ainda estivessem vivos.

Até que Miguel finalmente foi encontrado — pura alegria, rabo abanando, com muita saudade de casa. Mas onde estaria Madison, o segundo cachorro da família?

Todos os dias, por quase duas semanas, a voluntária deixou o necessário para que Madison pudesse sobreviver. Na última quinta-feira, a família Gaylord recebeu a notícia que esperava: o cão estava vivo!

O reencontro foi emocionante! Por um mês, Madison continuou protegendo a propriedade e esperou pacientemente seus donos voltarem. Em casa, ela foi presenteada com tudo que mais gosta: salgadinhos e metade de um McMuffin Salsicha.

Com informações do Los Angeles Times.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo