O transplante de rosto que mudou a vida de um homem após tentativa de suicídio

Por Victória Bravo

Um sobrevivente de uma tentativa de suicídio falou pela primeira vez desde que recebeu um transplante de rosto. Cam Underwood, de 26 anos, precisou da cirurgia após atirar contra o próprio rosto, ficando apenas com a testa, olhos e língua.

Desde então, ele passou por várias operações e pelo transplante de rosto mais avançado tecnologicamente já realizado.

Cam revelou: “Eu tenho nariz e boca novamente, então posso sorrir, falar e comer alimentos sólidos. Eu também não recebo tantos olhares ou perguntas de estranhos. Embora eu ainda esteja me recuperando e recuperando a sensibilidade e mobilidade, estou muito feliz com os resultados”.

Foto Reprodução / Departamento de Cirugía Plástica de Hansjorg Wyss em NYU Langone Health

O Dr. Eduardo Rodríguez, da Universidade de Nova York, Langone Health, ouviu falar sobre seu caso e em janeiro deste ano um doador estava disponível para o transplante de face. Sua recuperação foi tão notável que ele pôde realizar paraquedismo poucos meses após o transplante.

Cam participou de uma conferência de imprensa emotiva e agradeceu aqueles que o apoiaram: “Mãe, pai, Julie, Aaron e Brad, obrigado por não desistir. (…) Quero agradecer especialmente ao Live On New York e Will e Sally Fisher, meu doador e sua mãe. Eu quero que Sally e sua família saibam o quanto minha família e eu apreciamos o presente deles e que eu sempre honrarei o legado de Will”.

Foto Reprodução / Getty

Antes de sua tentativa de suicídio, Cam era um soldador que trabalhava para o padrasto. No entanto, ele passou por maus momentos após o término de um relacionamento, perdendo o contato com seus amigos mais próximos e um de seus irmãos.

O jovem também começou a beber e caiu em depressão. Em 26 de junho de 2016, ele tomou a decisão de tentar o suicídio, uma decisão que mudou sua vida para sempre.

Após o ocorrido, sua mãe passou 160 acompanhando a recuperação do filho e vivendo em um trailer no estacionamento do hospital. Ele foi finalmente libertado em fevereiro deste ano.

Cam agora se concentra em sua nova vida: “Will e sua família fizeram um incrível sacrifício para me devolver o que foi perdido. Eu nunca vou esquecer isso. Eu também sou eternamente grato ao Dr. Rodriguez e à sua equipe”.

Foto Reprodução
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo