Menina de cinco anos sofre paralisia repentina e mãe descobre a causa ao pentear seus cabelos

Por Victória Bravo

Kailyn é uma menina de cinco anos de idade que levava uma vida normal em Mississippi, nos Estados Unidos. Contudo, na última quarta-feira (6) ela tentou ficar de pé ao acordar e acabou caindo no chão.

Após ver a filha tentar levantar diversas vezes, sua mãe, Jessica Griffin, perguntou o que estava acontecendo, mas a menina não conseguiu responder.

Achando que a filha estava apenas cansada, Jessica decidiu continuar com a rotina de toda manhã, mas ao pentear o cabelo de Kailyn percebeu um carrapato agarrado no seu couro cabeludo.

Nesse momento ela pensou que essa poderia ser causa da paralisia da menina e a levou imediatamente para o hospital.

Quando os médicos ouviram a história e observaram o inseto, informaram que era uma paralisia pouco frequente causada pelo carrapato responsável pela doença de Lyme.

Foto Reprodução / Facebook / Jessica Griffin

Segundo o Infobae, a paralisia do carrapato é causada por fêmeas que estão prestes a botar ovos. Ao beber o sangue, o parasita agrega uma neurotoxina, que pode levar à paralisia.

“Depois de uma série de exames de sangue e uma tomografia computadorizada de cabeça, ela foi diagnosticada com paralisia por carrapatos! Por favor, pelo amor de Deus, chequem seus filhos”, contou Jessica em seu perfil no Facebook.

Os sintomas costumam aparecer nas vítimas de carrapato entre cinco e sete dias após o “ataque”. No entanto, em Kailyn os efeitos colaterais foram repentinos.

Após a retirada do carrapato, a recuperação da menina foi quase imediata e ela voltou a andar e falar normalmente.

Foto Reprodução / Facebook / Jessica Griffin

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo