Com a chegada do outono, casos de gripe aumentam

Por Tercio Braga

Todo ano é a mesma coisa. O outono chega e aumentam os casos de gripe. Os sintomas são conhecidos: tosse, febre, dor de cabeça e na garganta.

O fenômeno ocorre por conta da queda nas temperaturas, o que faz com que os vírus circulem no ar com mais intensidade. “Nessa estação, sempre aparecem os vírus  Influenza e Sincicial Respiratório”, diz a infectologista da Unifesp Nancy Bellei. “Para os adultos, eles não são tão preocupantes. Mas em crianças e idosos, podem gerar até pneumonia”.

Nos últimos dias, o número de atendimentos no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, aumentou. “Notamos um crescimento, principalmente no atendimento pediátrico”, diz o médico  Antonio Bastos Neto.

A estudante Paula Corrêa, de 21 anos, ficou resfriada logo que a estação mudou. “É sempre assim, muda o tempo e eu fico resfriada.” Ela diz que gostaria de ser vacinada contra a gripe, mas reclama do preço – R$ 80, em média.

A Secretaria Estadual de Saúde afirma que a vacinação contra a gripe deve começar até julho. Serão imunizados idosos, gestantes e crianças de até 23 meses.

A meteorologista da Somar Patrícia Vieira diz que a massa de ar frio estacionada na cidade já foi embora. 

gripe-previna-se620

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo