Com acervo de 11 mil livros infantojuvenis, biblioteca deve se tornar referência em SP

Por Carolina Santos
João Sal/ Divulgação João Sal/ Divulgação

Depois de passar cinco meses em reforma, a Biblioteca do Centro Universitário Belas Artes foi reaberta ao público em geral. O espaço, que em 2012 obteve pelo oitavo ano consecutivo a certificação ISO 9001, oferece agora, além das 140 mil obras do acervo para consultas gratuitas, uma ótima novidade: a primeira biblioteca infantojuvenil multilíngue da América Latina. A instalação fica na unidade I da instituição, na Vila Mariana. Nas prateleiras, um apanhado inicial de 11 mil livros em diversos idiomas, como francês, italiano, espanhol, alemão e japonês, compõem a coleção.

O projeto é resultado de uma ideia que começou a tomar forma em 2009, pela iniciativa da jornalista Duda Porto de Souza. “A proposta surgiu dos quase sete mil livros que meus pais foram juntando enquanto eu era criança, e que eu queria compartilhar com outras crianças”, conta ela, que na infância e adolescência sempre teve muito contato com obras infantis em outras línguas. “Eu estudei a vida toda no St. Paul’s, a Escola Britânica de São Paulo, e lá a biblioteca era a alma da comunidade, um lugar de inclusão social, onde todos tinham um espaço e encontravam uma nova inspiração”, diz.

Duda revela que desde que colocou o projeto na internet, o caminho até o centro acadêmico foi curto. “Essa parceria era para ser”, comemora. Grande parte do acervo é voltado para crianças de até 12 anos, sendo que muitas obras também contemplam o público adolescente. “Eu me preocupei muito em criar um acervo que fosse visualmente rico e muito focado nas artes visuais, pois é uma linguagem universal”. Com isso, a idealizadora pretende estimular os visitantes a aprenderem novas línguas desde cedo. “O livro-imagem é um personagem muito importante dessa história. É com esse estímulo visual que planejamos difundir o espaço”, argumenta.

A iniciativa prevê, ainda, uma agenda permanente com contações de histórias, atividades recreativas, workshops e palestras para escritores e ilustradores. Tudo isso com brinquedos e móveis sob medida para as crianças, que contará em breve com um playground na área externa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo