Medidas simples ajudam a encarar o frio numa boa

Por Carolina Santos
Third Wave Artisinal Coffee Roasters Find Niche Sean Gallup/Getty Images

No frio, além de comer mais, consumimos alimentos mais calóricos. A nutricionista, Narayana Reinehr explica que isso acontece porque o corpo precisa de mais energia para se manter aquecido.

“O corpo tende a gastar mais energia para manter a temperatura ideal, o que faz com que sintamos mais fome. Além disso, o tecido adiposo é o responsável por proteger a pele do frio, o que cria predisposição ao ganho de peso”, explica. Mas é possível se livrar desses quilinhos com medidas simples. Veja uma lista de opções que podem ajudar qualquer um a manter a forma.

 

Evite dores reumáticas no frio 

 

Durante o período de inverno – com duração de junho a setembro – é comum que as pessoas passem a se queixar com mais frequência de dores nas articulações e, assim, se autodiagnostiquem com “reumatismo”, termo usado para designar doenças que afetam as articulações e músculos, e que se caracteriza por dores e restrições dos movimentos.

Mas, seria o frio o causador de doenças autoimunes ou é apenas a percepção da dor que fica mais aguçada durante esta época do ano?

De acordo com a fisioterapeuta Angela Lepesqueur, representante da Associação Brasileira de Reabilitação da Coluna (ABRC) no Distrito Federal, o frio pode não ocasionar, mas pode agravar as dores de origem muscular ou reumáticas.

“Durante períodos de baixa temperatura, existe um aumento das contraturas musculares, e isto faz com que as pessoas criem mais tensões e, consequentemente, sintam mais dores”, explica a especialista em coluna vertebral.

Além disso, Angela destacou que, no inverno, as pessoas tendem a ficar menos ativas, o que também pode intensificar a sensação de dor.

“A diminuição ou falta da prática de atividades físicas pode aumentar o enrijecimento articular e assim diminuir a produção de líquido sinovial, que tem a função de lubrificar as articulações”, ressaltou.

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo