Criança deve aproveitar final da infância sem atividades adolescentes

Por Carolina Santos
Final da infância é precioso, alerta psicóloga | Tânia Rêgo/ABr Final da infância é precioso, alerta psicóloga | Tânia Rêgo/ABr

O final da infância tem de ser bem aproveitado pela criança, que não deve pular esta fase preciosa antes de entrar na adolescência, quando um mundo diferente começa a se abrir para ela.

Essa é a recomendação da especialista em educação Rosely Sayão, colunista daBandNews FM, para os pais que descobriram que a filha de 12 anos, após ir a uma balada, estava namorando. Assustados, os dois proibiram o romance da menina, que segundo o casal é “tranquila e estudiosa”.

“Foi para a balada, naturalmente alguma coisa acontece”, alerta a psicóloga. “Talvez eles tenha percebido – a tempo, ainda – de que a balada foi uma coisa precoce, porque leva a outras coisas.”

“Proibir o namoro e quem sabe dar um tempo na balada talvez sejam as melhores medidas a serem tomadas para que ela possa continuar esse finzinho da infância”, apoiou Rosely.

Loading...
Revisa el siguiente artículo