Coragem Indomável: quando somos capazes de abraçar aquilo que realmente somos

Libertar-se dos fantasmas do passado é o primeiro passo para encontrar sua força

Por Claudia Quadros

A coragem implica em riscos e mais especificamente disponibilidade de largar as máscaras do passado, sair do lugar de vítima e confiar na existência a partir do hoje.

Quando arriscamos uma viagem até um patamar mais elevado onde há liberdade, em contraponto a força do nosso passado, reconhecemos uma força que abafamos em anos de tentativa para provar que as histórias que nos contaram não são mais verdades.

Em vez de nos referirmos à coragem como um recurso do qual fazemos uso de tempos em tempos, temos que permitir que ela alimente nossas escolhas e se misture em nossas vidas. Cabe a nós tal opção. Quando nos apoiamos na coragem, tomamos decisões poderosas em nosso proveito.

Transforme sua autoimagem para reencontrar a coragem indomável

A nossa busca por coragem é sempre um indicador que estamos tentando estabelecer uma ligação com o poder ilimitado que jaz sob uma superfície da nossa mente consciente. Esse poder está nas mãos do nosso guerreiro/ guerreira interior; aquele aspecto de nós mesmo que não teme o fracasso, revés ou reprovação dos outros.

Temos agora de abdicar de tudo: da nossa antiga autoimagem, de toda história relativa a quem somos e ao modo como vivemos para permitir que brote a nossa nova coragem indomável.

A maioria de nós já conhece as dores que carregamos, estamos familiarizados com a carapaça que utilizamos para nos proteger, temos a noção de que estamos bloqueados em determinadas áreas da vida.

Porém, temos de percorrer todo o caminho e confrontar nossas inseguranças, medos e arrependimentos para nos libertarmos dos fantasmas do passado. Assim que o fizermos iremos descobrir a fonte inesgotável de coragem que sempre esteve lá.

Conecte-se com a sua coragem

Faça uma reflexão sobre os pontos a seguir e veja que possui muito mais coragem que consegue perceber. Se aproprie dela, sinta-a chegar e inundar seu corpo, sua vida e seu destino.

  • Momentos memoráveis de orientação: elabore uma lista das experiências mais memoráveis que viveu quando se sentiu unido a uma força, a uma energia que lhe pareceu de origem divina. Pode ter sido apenas um momento de satisfação absoluta, em que contemplou a presença do universo. O que aconteceu? O que sentiu? Foi algo que ouviu, viu ou sentiu?
  • Os obstáculos: há uma crença que o leve a não aceitar qualquer tipo de poder divino? O que o impede de perceber sua coragem nas pequenas coisas? Permita-se verificar que crenças, comportamentos, negações o impedem de acolher as genuínas forças internas.
  • Faça uma lista com sete ocasiões na sua vida em que sentiu coragem.

+ Tudo que você quer saber sobre signos: características, elementos e mais.

+ Entenda mais sobre crises de ansiedade e algumas dicas de como identificá-la e como controlá-la.

Leia os seus trânsitos astrológicos com base no seu Mapa Astral no Horóscopo Personalizado.

+ Você sabe qual é o seu ascendente? Saiba tudo aqui.

Claudia Quadros

Psicóloga, mestra em educação e xamã matricial. Ministra workshops, palestras e vivências de auto desenvolvimento da consciência. Conduz grupos em experiências iniciáticas em retiros e viagens para locais sagrados pelo mundo.

[email protected]

Loading...
Revisa el siguiente artículo