Menstruação na quarentena: como o ciclo é afetado no isolamento social

Ciclo menstrual pode ser um aliado seu neste momento da pandemia do coronavírus

Por Ana Paula Malagueta

Como está sua menstruação na quarentena? Eu imagino que o isolamento social não esteja sendo fácil para você.

Tem dias que você está ótima e super otimista e em outros momentos você só quer chorar ou gritar. Tem horas que está super produtiva e outras que mal consegue se concentrar.

Sei que há mulheres sozinhas, mulheres mães que estão enlouquecendo com carga horária de estudos dos filhos e suas atividades, mulheres esposas sem libido e talvez, desanimadas, sei que há mulheres trabalhadoras que estão mais exaustas daquelas que exaustas já estavam e que há mulheres que estão adorando não precisar sair porque adoram sua solitude e seu canto.

Há todos os tipos de mulheres. E sei que você é uma dessas, nenhuma dessas ou todas essas juntas!

O que o isolamento social está nos mostrando e o que eu mais estou recebendo das mulheres é a grande dificuldade de ter que ficar em uma situação que não muda quando você está mudando continuamente.

E você ainda tem de lidar com as pessoas que estão 24 horas por dia com você, em uma situação coletiva já desafiadora e pessoal completamente fora do que estávamos habituadas.

Estamos tendo que lidar com uma situação fixa sendo que nós somos mutáveis. E isso gera tensão e desencontros entre nós e os dias que vão passando.

E o que seu ciclo menstrual tem a ver com tudo isso?

Absolutamente tudo! Até porque seu ciclo menstrual reflete quem você é e como você está é reflexo do seu ciclo menstrual.

O ciclo menstrual é o termômetro da mulher:

  • indica como você está
  • mostra o que você está precisando
  • aponta quais ferramentas você tem na mão naquele momento

E isso tudo, muda ao longo dos 28 dias do ciclo lunar, que também é nosso ciclo menstrual (incluindo as diferentes variações para mais ou para menos). Sendo assim, isso que a maioria das mulheres está sentindo é perfeitamente normal.

O que precisa ser feito agora, é entender o que está acontecendo dentro de você e usar isso a sua favor. Se fizer isso, você poderá passar por qualquer situação, se adaptando internamente e adequando à realidade externa conforme você está.

Conforme vamos nos sintonizando e afinando nossa percepção sobre o ciclo menstrual, a realidade ao nosso redor vai mudando, como se fossemos a regente da orquestra que, neste caso é sua casa, as situações e circunstâncias da vida.

Vou então, de forma prática e objetiva, rever conceitos chave sobre o ciclo menstrual e o que podemos fazer para melhorar nossa relação com ele, com a situação que estamos vivendo de maior restrição e com as pessoas que estão convivendo muito próximas a nós, sem dar respiro.

Vamos precisar ser criativas para encontrar saídas, vamos precisar aprender a nos comunicar com quem vivemos e sermos pacientes para passarmos pelo primeiro mês de entendimento e alinhamento: como uma reunião onde toda uma equipe se alinha para trabalhar juntos.

Ciclo menstrual na quarentena: entenda cada um

Período pré-ovulatório

Este período do seu ciclo menstrual tem correspondência com a primavera e com a lua crescente e carrega a energia arquetípica da donzela, da mulher guerreira e também da mulher menina.

Isso indica que é uma fase de muita potência! Geralmente, a mulher tem tenho vontade de sair, explorar e ir fazer coisas. E como fazer isso se não devemos sequer sair de casa?

Bom, vamos usar essa energia para explorar coisas novas, seja no trabalho, seja na sua casa ou seja algo novo que você pode aprender ou pequenos projetos que você pode assumir.

Pois, fará muito bem se engajar em algo, para sentir-se útil e ver algo sendo concretizado.

Use essa potência para ver algo ser feito com sucesso! Você pode também direcionar essa energia para atividades físicas – seja sozinha, seja acompanhando os filhos ou no trabalho (trabalhar mais horas e com mais afinco, por exemplo). Nesta fase vale até pular corda!

O importante é não deixar essa energia morrer ou deixar que ela te traga irritação, desconfortos, raiva ou frustração por não conseguir fazer suas coisas.

Faça, nem que seja uma pequena coisa. Uma vitória de cada vez já mudará toda energia do resto do seu ciclo.

Período ovulatório

Este período do seu ciclo menstrual tem correspondência com o verão e com a lua cheia e carrega a energia arquetípica da mãe, da mulher amante e também da mulher rainha.

É uma fase dos sentidos, das conexões e relações e, claro, colocar ordem na casa (seu reino). Segue sendo uma fase de muita potência, inclusive sexual, criativa e afetiva.

Como estamos isoladas, nesta fase pode incomodar a distância e falta de contato físico.

Porém, se você está sozinha, use essa fase para:

  • fazer uma bela automassagem com um óleo vegetal e essenciais da sua escolha.
  • tomar um banho mais demorado ou preparar uma deliciosa e aromática refeição.
  • Se estiver em isolamento com outras pessoas, façam coisas juntos, como cozinhar, um baile dançante, uma noite de histórias, assistam algo juntos, aproveitem o tempo!
  • faça algo que dê prazer, que seja gostoso e acolhedor.

Esse é um tempo para compartilhar e, sim, aproveitar o momento juntos fora das obrigações, dos deveres e das coisas rotineiras. Este momento é excelente para quebrar a rotina.

E lembre, que energia sexual, não é somente para ato sexual, mas para criar e sentir prazer no que for – não importa o que for. Mulher, o que te dá prazer?

Período pré-menstrual

Este período do seu ciclo menstrual tem correspondência com o outono, com a lua minguante e carrega a energia arquetípica da feiticeira, da mulher alquímica e também da mulher selvagem.

E isso indica que a energia deste período é volátil e mutante. Ela muda muito rápido e suas necessidades também. Na verdade, somos convidadas a sair das nossas caixas e do nosso controle em fazer tudo dentro de uma convenção, padrão ou tempo determinado.

Convido você a:

  • experimentar ser mais livre (dentro do possível) nesta fase.
  • não deixe as pessoas ficarem muito no seu pé ou te cobrando, porque o tiro vai sair pela culatra.
  • se puder, adiante trabalho nas fases anteriores para poder respeitar seu ritmo nessa fase. O que mais estressa na convivência muito cerrada e ininterrupta é não ter espaço, gente te chamando e solicitando o tempo todo! Então, respeite seu tempo.
  • se não quer fazer algo naquele momento não faça. Se quiser fazer algo diferente, faça. E verbalize isso. "Agora quero". "Agora não quero". "Agora posso". "Agora não posso".
  • negocie e não tenha medo de dizer o que quer e como quer: mulher selvagem é livre e não vive para agradar. Ela é viva!

Mesmo em home office dá para administrar conforme for sentindo as possibilidades e refrear quando sentir que não está de acordo. Essa fase é uma questão da hora certa para as coisas e acima de tudo: permita-se mudar de ideia. Tem horas que ser a boa menina, a certinha, produtiva e super em tudo, cansa e mata nossa mulher selvagem.

Permite-se ser mais honesta e verdadeira consigo e com quem está junto de você – sem precisar ter que explodir para fazer isso. Faça antes e aos poucos, que tudo fica melhor.

São gotas de honestidade diárias para não cometer sincericídio ou explodir como um vulcão.

Não espere que descubra o que precisa. Saiba e faça o que você precisa e comunique-se.

Período menstrual

Este período do seu ciclo menstrual tem correspondência com o inverno, com a lua nova e carrega a energia arquetípica da anciã, da mulher bruxa e também da mulher que sabe.

E isso indica que essa é a fase que mais queremos estar longe de todos ao nosso redor e fazer nosso próprio isolamento social do isolamento social. Se tem um conselho que posso te dar é:

  • tente realmente se recolher, mesmo que tenha que se isolar de tudo, apenas colocando um fone de ouvido para ouvir uma música ou fingir que está ouvindo, para que ninguém te solicite.
  • tome um banho mais longo para ninguém chamar seu nome ou querer que você faça algo.
    isso vai variar se você está sozinha, acompanhada ou tem filhos. Se possível, comunique-se
  • com quem convive contigo. Avisando que está nesta fase e que precisa desses dias para se recuperar e se preservar.
  • crie pequenos rituais de autocuidado e nutrição como um escalda-pés, um momento com você e um chá quetinho.
  • crie momentos de pausa e descanso (mesmo que sejam mais curtos) ou mesmo que sejam só na sua mente para quem é sozinha, tem que trabalhar e cuidar dos filhos.

De repente, é na hora de amamentar, é na hora de colocá-los para dormir, que você também irá se embalar e colocar para dormir. De repente, vou ter esse tempo nas minhas orações ou somente quando já estiver deitada na cama.

O importante é que você arrume tempo para você. Porque se não arrumar, nada de fato vai mudar. E o ciclo vai recomeçar, e tudo voltará num ciclo sem fim de desconfortos, irritações e frustrações.

  • Faça o que estiver ao seu alcance: mas faça algo! É a fase do minimalismo. Vai recompensar na fase seguinte!

Me conta quais estão sendo seus maiores desafios nas diferentes fases do seu ciclo menstrual para que eu possa junto de você criar saídas criativas, intuitivas e possíveis para passar por essa fase de isolamento social de forma mais saudável e poderosa, de forma realista e a poder aproveitar melhor o que o seu ciclo tem para te oferecer diariamente.

Será melhor para todo mundo! Vamos criar isso comigo?

+ Tudo que você quer saber sobre signos: características, elementos e mais.

+ Entenda mais sobre crises de ansiedade e algumas dicas de como identificá-la e como controlá-la.

+ Feliz ano novo astrológico! Saiba mais sobre o seu Mapa Astral do ano com a Revolução Solar.

+ Você sabe qual é o seu ascendente? Saiba tudo aqui.

Ana Paula Malagueta

Utiliza diferentes formas, ferramentas e caminhos como o Yoga, Astrologia, Tarot, Danças Circulares, BodyTalk e movimentos em grupos de mulheres para acessar, desenvolver, resgatar e integrar as energias dos Sagrados Feminino e Masculino em nossas vidas.

[email protected]

Loading...
Revisa el siguiente artículo