5 passos para aumentar a autoestima no trabalho

Acreditar no seu potencial evita que a insegurança se instale na sua vida profissional

Por Aline Lang

Competição e comparação geralmente são comuns em ambientes corporativos. Mas é preciso se atentar para estes dois fatores, porque podem afetar diretamente a autoestima no trabalho entre as pessoas que lidam com esta pressão diária. A sensação de que nada está bom, de que nunca é feito o suficiente, de que é preciso se esforçar mais são tópicos recorrentes entre os clientes que me procuram, inclusive o medo constante de ser dispensado.

Trabalhei em grandes empresas por mais de 15 anos e fui extremamente feliz atuando na área de vendas. Baseada na minha experiência pessoal corporativa e nos atendimentos que fiz nos últimos anos, seguem algumas dicas para aumentar a autoestima no trabalho e reafirmar que você é muito bom, sim!

Lembre-se de quem você é

Acaba se tornando normal comparar-se com colegas de trabalho ou ser comparado com eles. As especializações nunca são suficientes, fulano entregou mais, sicrano sabe falar russo. E é assim que muitas vezes você começa a não se achar suficiente para o cargo que exerce. Nessas horas, lembre-se do que fez você conquistar sua vaga.

Você passou por entrevistas, foi escolhido para o cargo, se dedicou e fez por merecer.

Não se esqueça dos seus talentos.

Se você escrever num papel as suas habilidades e o investimento de tempo em estudos, cursos e livros, vai perceber que tem muito a oferecer e que já está utilizando isso no seu dia a dia. Evoluir e aprender constantemente faz parte do caminho de todos.

Respire do lado de “fora”

Sabe a conversa do “respira e não pira”? Sempre que sentir que está sob pressão, saia de cena por alguns instantes, respire bem fundo fora do ambiente. Se puder ser numa área externa, aberta, melhor ainda. Respirar é uma forma de voltar a si mesmo, nada é mais importante para seu corpo que respirar.

Evitei muitos conflitos desnecessários nas empresas em que trabalhei pedindo licença por alguns segundos e respirando. Na maioria das vezes, retomei o fôlego com diferentes pontos de vista.

Conversinhas de corredor: fuja para as montanhas!

Trato muito da energia das pessoas atualmente.

Se tem uma coisa que drena nossa energia é reclamar.

Tanto as nossas reclamações quanto a que escutamos dos outros. Evite pessoas que reclamam demais e de tudo, mantenha uma distância segura. Não permita que essa energia te influencie.

É importante perceber se você não está na vibração de reclamação também. Tudo o que reforçamos cresce.

Ouça feedbacks, mas saiba filtrar

Lembro bem que meu trauma anual se chamava “Entrevista de performance”. Já ficava apavorada esperando os temidos feedbacks e ainda recebia uma “nota”. Por muitos anos, tomei como verdade aquelas avaliações, todos os “toques”.

Muitas sugestões que recebi me ajudaram a ir além, mas a maioria reforçava que eu nunca estava à altura, não estava preparada. Hoje percebo que as pessoas têm a suas verdades e sabem o que funciona para elas. Ouça e use somente o que faz sentido pra você, agradeça e só.

Reflita se o que aquela pessoa disse é positivo para você e seus objetivos. Lembre-se que você tem seus próprios valores e deve respeitá-los.

Você tem escolha

Não estamos destinados a ficar para sempre no mesmo lugar. Se realmente perceber que aquilo não dá mais pra você, encontre outro caminho, comece a buscar novos interesses e oportunidades de trabalho.

Sinta dentro de você a liberdade de ter escolhas, isso tranquiliza bastante.

Lembrete final: a energia do ambiente em que vivemos é responsabilidade nossa também. Faça a sua parte por você!

Foto: Visual Hunt

+ Quer entender melhor sua personalidade? Leia no seu Mapa Astral o significado da combinação do seu signo com o seu ascendente. 

+ O Mundo é o Arcano do Mês – Veja previsões coletivas do Tarot para fevereiro

+ Quer entender melhor sua vida amorosa? Comece conhecendo bem o seu Jeito de Amar.

+ Com que roupa eu vou? Veja dicas de como usar a Cromoterapia na sua fantasia de Carnaval.

Aline Lang

Aline Lang é formada em Theta Healing (DNA Básico, DNA Avançado e Aprofundando no Digging); especializações em Manifestação e Abundancia, Alma Gêmea, Ritmo e Peso Perfeito, Theta – Reiki nível I, II, III e mestre, Regressão terapêutica.

alinela[email protected]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo