Meditação nas férias: pratique atenção plena enquanto se diverte

O estado de presença pode ser alcançado por meio de uma visão diferente do dia a dia

Por Ricardo Ricchini

É comum buscarmos por atalhos para diferentes finalidades: ficar forte, tornar-se bem-sucedido, enriquecer, dormir, manter a calma. Quando se descobre que os atalhos são ilusões insustentáveis, eventualmente podemos ser apresentados à meditação. Porém, a maneira como a sociedade se expressa não muda. Então, a expectativa é que meditar proporcione resultados imediatos. E uma vez que a esperança é frustrada, é comum retornar às ofertas do sistema. Mas você pode aproveitar as férias para treinar uma nova visão do cotidiano, através da prática da atenção plena.

Observe a frase abaixo e veja se parecer familiar:

“Meditar é experienciar o momento presente. Meditadores dizem isso. Artigos, livros e vídeos confirmam. Os mestres dizem isso. E eu até já experimentei essa sensação, mas logo passou. Como meditar e verdadeiramente abandonar a ansiedade?”

Caso tenha se reconhecido na afirmação, esse texto vai te trazer um caminho a seguir, especialmente durante as férias, quando é possível treinar um modo diferente de contemplar a vida.

Atalhos são ilusões

Como, então, se consegue equilibrar a busca pela paz com a tentação de uma solução rápida? A resposta é simples: com treino. Um resultado consistente só pode ser alcançado pela prática, que pode trazer resultados surpreendentes e estímulo a treinar cada vez mais, até que o estado de presença seja uma constante em sua vida.

“Presença”, nesse caso, refere-se à estabilidade da atenção consciente, que vai aos poucos deixando de lado lembranças mortas do passado, assim como o pensamento nas prováveis ocorrências futuras e, portanto, ansiosas. Se você tem dificuldades em meditar, uma boa notícia: o estado de presença pode ser alcançado de diversas formas, além da tradicional forma de se sentar em silêncio.

Treinar outras formas de alcançar a atenção plena pode levar a pessoa a se sentir mais calma, tranquila, dormir melhor e, por consequência, ter manhãs mais saudáveis e produtivas. A dica aqui é: passe a usar a visão de um turista!

Meditação nas férias

Que tal aproveitar as férias de verão que para usar a técnica? Se você vai viajar, não importa para onde, tem a oportunidade perfeita para se divertir enquanto treina a atenção plena. Simplesmente aproveite que está longe da rotina do dia a dia para apreciar os novos sons, as paisagens, diferentes aromas e outras pessoas. Tudo é novo e estimulante para os sentidos.

O que importa é perceber como a novidade te coloca no estado de presença. Quanto mais se imerge na experiência de sentir coisas diferentes, mais se fica ligado ao que está acontecendo no momento e, assim, deixa-se de lado o passado e o futuro. Esse estado de presença é o mesmo alcançado na meditação, mas lembre-se de dar uma real qualidade de atenção à experiência.

Visão de turista no cotidiano

Se você não tem férias à vista, tudo bem. A técnica se aplica da mesma forma, em qualquer lugar. Na verdade, aplicar a visão de turista quando não estamos viajando é até mais fácil, pois temos condições de focar em manter a concentração sem distrações.

Experimente olhar com olhos de turista para o que seus olhos sempre estão captando, mas não dão atenção. A cadeira do escritório, as bordas da TV, as sutis curvas dos vidros dos automóveis, o design de uma xícara ou de uma maçaneta. A perfeição de uma fruta ou o movimento de uma escada rolante.

Com a prática, o senso de presença começa a ocupar mais e mais espaço em sua experiência diária. É claro que ainda há envolvimento com o conteúdo mental, mas existe uma sensação de consciência ao fundo. Descobrindo esse refúgio seguro e acolhedor, a pessoa volta para a posição de consciência rapidamente e aprende a ficar lá mais tempo.

A lição que fica é: tenha um bom dia. Todo dia!

Foto: Unsplash

+ Quer entender melhor sua personalidade? Leia o significado da combinação do seu signo com o seu ascendente.

+ O que você espera para sua vida em 2019? Veja previsões da Astrologia, Numerologia e Tarot para você.

+ As tendências coletivas da numerologia sinalizam amores bem intensos para 2019. Entenda melhor.

+ Fases da lua, eclipses e outros trânsitos. Veja o Calendário Astrológico de 2019.

Ricardo Ricchini

Professor de Meditação e Mindfulness, é sócio da Pandora Treinamentos e treinador de Alta Performance há 3 anos.

[email protected]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo