O significado do Eclipse Lunar de 21 de janeiro para os signos

As tendências também podem ser sentidas dias após o fenômeno. Entenda

Por Marcia Fervienza

O ano de 2019 iniciou com dois fenômenos intensos no céu: um Eclipse solar parcial em 5/01 e, no dia 21/01, ocorre o primeiro Eclipse lunar do ano. Diferente do primeiro, este poderá ser visto do Brasil. A Astrologia indica interpretações simbólicas para os fenômenos celestes e sinaliza possíveis significados do Eclipse lunar para os signos. Você pode fazer gratuitamente a versão mini do seu Mapa Astral para confirmar o seu signo e o seu ascendente, e entender melhor as tendências do eclipse de 21/01 na sua vida.

O que é um Eclipse Lunar

Os Eclipses funcionam como ferramentas do universo para chamar nossa atenção em relação às áreas da vida que precisam mudar. São fenômenos que nos surpreendem e movem, agindo sempre muito rapidamente. 

Durante o Eclipse lunar, Sol e Lua ficam em aparente oposição no céu. O que acontece, na verdade, é que a Terra fica entre os dois, “bloqueando” a luz que o Sol transmite para a Lua. E como a Lua não tem luz própria, ela desaparece temporariamente, fica escura e é “eclipsada” da nossa visão. Um Eclipse lunar é sempre uma Lua cheia e, geralmente, marca finais ou pontos de culminação.

O Eclipse do dia 21 ocorre no Rio de Janeiro às 3h16, a 0 graus de Leão (Lua) e Aquário (Sol). Confira de que forma cada signo poderá sentir as tendências do fenômeno:

Para planetas ou ângulos localizados nos signos de Leão e Aquário: aqui entra em jogo o arquétipo masculino (geralmente representado pelo Sol) e feminino (geralmente simbolizado pela Lua). A Lua cheia fala de uma culminação com possível finalização (de uma ideia, projeto ou relação). Como a relação é de oposição, costuma envolver um eu e um outro.

Para planetas ou ângulos localizados nos signos de Touro e Escorpiãouma dinâmica semelhante à da mencionada acima ocorre aqui, com a diferença que aqui a sensação pode ser de que as circunstâncias (quadratura) estão forçando uma definição de algo que chegou ao seu clímax e agora precisa se resolver.

Para planetas ou ângulos localizados nos signos de Gêmeos, Libra, Áries e Sagitário: as energias aqui são de sextil e trígono. Ou seja, aqui fala-se de uma janela de oportunidade (de finalizar algo que já não nos serve) ou de discutir essa finalização com próximos passos. A energia é leve e, se houver a finalização, não deverá necessariamente ser dolorosa – especialmente para os Sagitarianos, que têm Júpiter em trânsito por seu signo este ano. Para eles, essa finalização poderá ser uma abertura de caminhos para algo maior e melhor acontecer.

Para planetas ou ângulos localizados nos signos de Câncer, Virgem, Capricórnio e Peixes: não haverá nenhum contato significativo entre o eclipse, portanto, nenhum evento de grande magnitude deve ocorrer.

Quais energias estão envolvidas neste Eclipse?

Urano está envolvido no Eclipse. Portanto, embora nos dias anteriores ao eclipse tenham tido aspectos favoráveis no céu para os signos de uma maneira geral, incluindo Marte em Áries fazendo trígono a conjunção entre Vênus e Sagitário, este Eclipse traz algum elemento inesperado ao que hoje se sabe. Há algo novo, desconhecido, e com a capacidade de virar o jogo que será revelado por ocasião do Eclipse (dia 20 ou 21) e que exigirá que os signos, planetas e áreas da vida pensem rápido (e ajam mais rápido ainda).

Além disso, Mercúrio vai estar próximo ao Sol (embora em signos diferentes) na data do Eclipse, e saindo de uma conjunção a Plutão. Algo aqui que foi recentemente revelado poderá ser o disparador deste Eclipse – ou você precisará ficar atento com manipulação de informação, de formas de pensar e de mensagem ou comunicação.

Você sabe tudo que está por trás da situação? Ou será que deveria investigar mais sobre a verdade? Por outro lado, considere se você não está disponibilizando informação demais ao outro e se isso não compromete suas metas.

Idealmente, este seria um momento de revelações, onde a verdade leva a culminação (e possível finalização) de algo, que é necessário para as partes envolvidas. Mas onde há Plutão há a possibilidade de manipulação. Então, cuidado.

Período de “efeito” do eclipse

Primeiro, pensemos nos quatro dias que antecedem e sucedem ao Eclipse como as datas mais ativas. Se nada for observado neste período, retorne a este texto em um mês (mais ou menos 4 dias) para ver se algo relacionado a este eclipse será ativado.

Caso sinta as tendências do Eclipse na data esperada inicialmente (aproximadamente entre 17 e 25 de janeiro), entenda que o desenrolar do que se revela (seja uma culminação ou finalização) deverá ocorrer dentro de um período de aproximadamente 2 semanas, quando a Lua retorna a sua posição de conjunção ao Sol, dando início a um novo ciclo.

Vale destacar que a visão sobre as tendências de um eclipse nem sempre é um consenso entre os astrólogos. Da mesma forma que na ciência existem divergências sobre muitos aspectos, na Astrologia, alguns astrólogos só consideram as tendências do eclipse quando é possível vê-lo no céu. Diante da relação que você leu aqui sobre o eclipse com os signos e ascendentes e dessas considerações, que tal observar como você se sente durante o fenômeno e compartilhar com a gente? [email protected]

+ Quer entender melhor sua personalidade? Leia o significado da combinação do seu signo com o seu ascendente.

+ O que você espera para sua vida em 2019? Veja previsões da Astrologia, Numerologia e Tarot para você.

+ As tendências coletivas da numerologia sinalizam amores bem intensos para 2019. Entenda melhor.

+ Fases da lua, eclipses e outros trânsitos. Veja o Calendário Astrológico de 2019.

Marcia Fervienza

Astróloga há mais de 15 anos e psicóloga, atua como colaboradora em Astrologia para diversas revistas e possui trabalhos publicados em vários países. Oferece atendimentos astrológicos presenciais e virtuais.

[email protected]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo