Chakra básico concentra força da realização material

Aprenda a equilibrar o primeiro chakra, que reúne tudo o que diz respeito à nossa sobrevivência

Por Regina Restelli

O 1º chakra é chamado de Chakra da Raiz, Chakra Básico ou Muladhara. Quando ativado sua cor é vermelho fogo, o vermelho do núcleo mais interno do planeta. Tem como elemento a terra de onde podemos absorver ou enraizar nossa força. Seu princípio básico é fazer o movimento fÍsico aqui e agora, uma relação bem primitiva com a luta ou a fuga para a sobrevivência.

No Chakra Básico mora a nossa força vital inesgotável chamada de Kundalini, o ponto central e o canal do sistema circulatório de energias sutis. É o fundamento primordial para os chakras superiores se harmonizarem como um corpo único.

Chakra Básico: características

Está localizado na base da coluna vertebral (cóccix) entre o ânus e os genitais e tem relação com tudo que é duro no corpo, como espinha, ossos, dentes e unhas. Tem correlação física também com a construção celular do sangue, devido à glândula supra renal que regula nosso corpo para estar pronto para a ação. O ânus, a próstata, o reto e o intestino grosso também fazem parte desta lista de correspondentes.

Tudo que diz respeito à sobrevivência, real ou imaginário, circula neste chakra

Este 1º vórtice nos liga com o mundo físico e faz o contato direto do nosso sistema de matéria sutil com a energia da terra de nosso planeta. Esse contato direto nos confere a firmeza para construirmos nossa vida com estabilidade e força de realização. Aqui nos ligamos ao espírito da Mãe-Terra, seu amor, acolhimento, criatividade e força.

Tudo que diz respeito à sobrevivência, seja real ou imaginário, circula neste chakra – alimentação, dinheiro, abrigo, medo de alguma coisa que nos trazem risco de vida – de forma primitiva ou não. É ele que dá o sinal sexual de sobrevivência nas questões da continuidade da espécie, reprodução e formação da família.

Chakra Básico em harmonia

O funcionamento harmônico deste 1º plexo fala da gratidão de tudo que a Terra produz e que está à nossa disposição como alimento, proteção, segurança, afeto, estabilidade, força interior e uma confiança inabalável das realizações de suas metas. O equilíbrio entre o aquietar e o fazer nascem neste vórtice e acaba se desdobrando na sabedoria e aceitação da própria impermanência da vida – morte e renascimento.

Chakra Básico desequilibrado

O funcionamento desarmônico gira em torno de compulsões obsessivas com sexo e bens materiais de forma geral, sem pensar nas consequências. Inclui-se aí também os excessos de prazeres sensuais, esquecendo até de seu próprio bem-estar, com bebidas alcoólicas, drogas e comida.

Manifestamos no Muladhara a tendência de reter bens com muita dificuldade de desapego, podendo estender este apego ao corpo físico – desenvolvendo prisão de ventre e obesidade (retendo água e gordura) e até o isolamento do convívio social.

Ainda falando do lado negativo da utilização desta energia vital, temos que citar o mecanismo emocional de defesa que gera raiva, violência, intolerância e a irritação que acaba desenvolvendo situações extremas de fúria sem pensar no outro e nem em si mesmo. E podemos citar até o distúrbio do Chakra Raiz na maioria das pessoas, que é o desrespeito com o próprio planeta Terra.

O hipofuncionamento do Muladhara Chakra traz com frequência falta de vontade de seguir adiante, resistência física e psíquica abalada e insegurança na vida com a sensação de estar sem base ou sem chão.

Como melhorar o funcionamento do Chakra Básico?

Para facilitar, num plano inicial devemos fazer uma limpeza energética com um bom profissional, onde a integração e potência do mesmo possa ser recuperada. Feito isso, podemos começar um caminho de autoinvestigação para reconhecermos como ações, pensamentos e desejos podem estar nos limitando. A falta de autoconhecimento e auto-observação podem estar desenergizando seu vórtice, como se seus pensamentos e ações abrissem fendas por onde escapa sua energia vital.

A força de realização material mora neste centro energético e sem ele atuando de forma saudável fica bem difícil agir e concretizar as coisas no mundo em que vivemos. Um bom ponto a ser questionado é "me sinto confiante para manter meu emprego?".

Outras questões boas de se responder são:

  • Tenho pensamentos e sentimentos de medo? Eles são reais ou fantasiosos?
  • Como me sinto em relação a explosões de agressividade?
  • Sou ético?
  • Tenho me sentido furioso?
  • Consigo respeitar os limites do meu corpo?
  • Eu me comporto com responsabilidade em relação ao planeta em que vivo?  
  • Eu sinto que posso manter situações de vida saudáveis?
  • Estou com medo de perder algo?
  • Tenho dificuldade de desapegar das coisas e das pessoas em geral?
  • O que pode estar se perpetuando em meu dia a dia que reconheço ser uma crença limitante?
  • Tenho desejos de quê? E como os realizo? Olhe bem profundamente para este aspecto de sua personalidade.
  • Estou preso em fantasias que me deixam ainda mais angustiado?
  • Será que posso e me permito escolher fazer diferente?
  • Como posso ser mais criativo nesta autoinvestigacão?

Crie suas próprias pergunta e se quiser mande para mim (meus contatos estão no final do texto).

Equilibrando os Chakras

Após ter feito este mergulho profundo em seu interior com muita honestidade e atenção, chega o momento de acalmar a mente e prestar atenção na respiração. Deixe o ar ocupar todos os cantos de seu corpo e esvaziar os mesmos completamente. Acalme sua mente fazendo foco no ar que entra e sai de suas narinas. Ocupe seu corpo! Dar um espaço para estas reflexões pode ser bem desafiador. Se for o seu caso, procure um profissional para lhe ajudar a organizar as ideias e seguir com mais segurança.

A meditação/atenção plena é realmente uma grande ferramenta de ajuste de chakras, e pode – e deve – ser usada sempre. Praticar os exercícios físicos como Yoga também é excelente. Fazer terapias energéticas com frequência pode auxiliar imensamente no processo de amadurecimento das emoções e recuperação dos chakras. Manter a mente sob observação e controle para escolher os pensamentos adequados são excelentes exercícios. Assumir suas responsabilidades, se perdoar e se acolher podem ajudar imensamente nas questões tão básicas do dia a dia.

Baseada no desenvolvimento de meu trabalho “Virtudes com Consciência”, sugiro que invista no "serviço". Esta postura interna e externa de servir a você e ao outro, costuma produzir energia de alegria, que potencializa imediatamente seu 1º chakra e muito mais.

Usar seus dons e talentos a serviço em seu trabalho ou nas relações em geral proporciona um novo olhar para as ações que pode vir a mudar completamente sua relação com o mundo.

Entendendo melhor os Chakras

Temos sete chakras que são os centros energéticos, Neles, a consciência ou sabedoria natural da vida percebe e realiza duas funções ao mesmo tempo: representa próprio o órgão, bem como nossas emoções relacionadas ao mesmo. Assim, desenvolvemos a consciência do que está bem em nossa vida ou o que não está. O chakra nos mostra nosso inconsciente em ação.

Todos estes centros são distribuídos próximos e ao longo da coluna vertebral. Sua forma se assemelha a uma antena parabólica e sua percepção, a um radar. Percebem o mundo e sofrem o impacto de acontecimentos e pessoas a nossa volta. Também funcionam como verdadeiras usinas de irradiação de energia, emoções e pensamentos.

Chakras são nossos centros energéticos. Temos sete no total

Eles são fundamentais na regulação de nosso organismo, proporcionando harmonia e equilíbrio entre o físico, o emocional e o mental, fazendo a ligação entre o corpo material e o mundo subjetivo. Sendo assim, cada um dos sete chakras guarda todas as emoções que vivenciamos, o que afeta, imediatamente, nos resultados físicos e energéticos do nosso dia a dia. Um dia estressante, com muita raiva, afeta negativamente nosso campo energéticos, os chakras e corpo físico.

Agora que você já tem estas informações preciosas, é de sua total responsabilidade o que vai fazer com elas. Nada do que foi dito aqui substitui ir ao médico ou fazer tratamentos. Muito pelo contrário, recuperar seu chakra pode acelerar qualquer um destes processos de cura.

Espero sinceramente que venha trilhar um caminho de consciência com muitas alegrias e realizações. Que suas investigações lhes tragam conquistas maravilhosas.

Namastê! O meu Ser reconhece o seu Ser em todo o seu esplendor!

Foto: Personare

O que você espera para sua vida em 2019? Veja previsões da Astrologia, Numerologia e Tarot para você.

+ Tendências da Astrologia para 2019. Veja as principaos tendências para o seu signo e o seu ascendente.

+ É tempo de expansão: Júpiter está em Sagitário. Veja 12 dicas para aproveitar esse posicionamento.

+ Descubra o número do seu ano pessoal e veja as tendências da Numerologia para você em 2019.

Regina Restelli

Criadora da Terapia dos Chakras, que promove autoconhecimento e expansão da consciência amorosa. Suas consultas limpam as crenças no campo energético, trazendo bem-estar e energia para autotransformação.

[email protected]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo