Previsões astrológicas de 26 de novembro a 2 de dezembro de 2018

Céu inspirado, mas impulsivo, pede sabedoria nas relações

Por Vanessa Tuleski

Com base no céu astrológico geral, confira as previsões coletivas para 26 de novembro a 2 de dezembro de 2018. Essas são tendências que podem ser sentidas por todos. Para entender também suas tendências particulares, após a leitura consulte seus trânsitos personalizados, no Horóscopo Personare.

Aventuras: desejo de ir além

O céu desta semana está bem complexo. De um lado, com três planetas em Sagitário – Sol, Mercúrio e Júpiter, há uma atmosfera de esperança e que traz desejos por novos voos. Estes planetas, porém, quadram Marte, o que impacta em altas doses de impaciência e potencial de irritabilidade. Isto produz uma energia de briga, que pode ser ativada ou não.

Marte também implica em correria, mas ocupa o signo de Peixes, onde o planeta reflete necessidade de pausa e descanso, o que contrasta com a ansiedade sagitariana, que quer se aventurar.

É mesmo hora de começar algo?

A forte presença de Júpiter e Marte traz um anseio por começos. Contudo, Mercúrio está retrógrado até o dia 06/12 e, normalmente, não é fácil iniciar projetos com este planeta em retrogradação, pois questões do cotidiano podem falhar. É também época de reflexão, enquanto o restante do Céu quer ação. Por isto se falou em complexidade.

Oposição de Vênus e Urano: dificuldades nas relações

Outro fator importante é a oposição entre Vênus e Urano, que traz forte anseio por liberdade. Não é uma combinação tolerante, dificultando reencontros e, em alguns casos, até mesmo a manutenção de parcerias ou relacionamentos que estejam desgastados. O período pode ser difícil para firmar acordos. O contexto coletivo tende à agitação.

No meio de tanta empolgação (Sagitário), mas também de impedimentos (quadratura com Marte e também Mercúrio retrógrado), Marte em sextil com Saturno sugere um pouco de senso que ajuda a não agravar conflitos, inspirando a se atuar com mais maturidade.

No final de semana, Mercúrio ingressa em Escorpião, onde a mente é mais concentrada do que em Sagitário, onde Mercúrio estava, mas é preciso tomar cuidado com desconfianças e mágoas. Vênus também ingressa em Escorpião no domingo (02), incrementando o erotismo, mas nem sempre sendo fácil de lidar com a intensidade vulcânica deste signo.

Esperanças renovadas

Até quinta-feira (29), Sol, Mercúrio e Júpiter caminham juntos no signo de Sagitário, em uma época de novos anseios e aspirações. A autoconfiança está renovada. É um bom momento também para ter uma visão mais ampla, algo jupiteriano, sendo uma excelente semana para palestras, início de cursos e busca por conhecimento. Clima de otimismo e de busca por crescimento.

Agitação e desafios

Contudo, os três planetas não estão isolados. Mercúrio e Marte quadram Júpiter até a terça-feira (27), e o Sol quadra Marte por mais tempo, até 11/12. A participação de Marte aumenta a irritabilidade, correria, impaciência e intolerância. O momento não é de entendimento, mas sim de atuar com sabedoria (algo ligado a Sol/Mercúrio/Júpiter em Sagitário), pode ser necessário luta (Marte), e saber lidar com desafios.

Uma outra questão marcante é que há um conflito Sagitário/Peixes, ou seja, um lado que quer avançar e estar livre, e outro que pode se ver amarrado/limitado por circunstâncias e, mesmo assim, precisar progredir. Não estamos em uma época em que as pessoas pensem com calma. A tendência é explosiva (Marte), o que requer cuidado nas relações e no âmbito coletivo, que fica sujeito a acidentes, temperaturas extremas, incêndios. Há muita impulsividade no ar. Do lado positivo, se a combinação for bem usada, dá espírito de luta, mas é preciso estar atento para não transformar o guerreiro em um guerreador à toa.

Calha, também, de a partir do final de semana, Marte ficar conjunto a Netuno, aspecto que dura até o dia 12/12. Muitas pessoas podem estar instigadas a empreender começos (Marte), com um intuito de crescimento (uma marca de Sagitário e seu regente, Júpiter), mas talvez estejam equivocadas em relação a algo, ou com pouca clareza ou arbítrio para este momento, ou, ainda, tendo de lidar com obstáculos e atrasos.

Marte faz sextil com Saturno até o dia 03/12, ajudando a colocar um freio e um bom senso ao lidar com situações

Mercúrio fica retrógrado até o dia 06/12, indicando uma época para refletir e pensar com calma, mas pode ser que não se tenha muito ambiente para fazer isto, com muita pressão. Por isto, a verdade é que, astrologicamente, estamos caminhando para um contexto astrológico bem complexo, com uma força especial de novas esperanças e otimismo, mas atrasos e pedras no caminho também.

Muita gente também vai se sentir dono da razão (independentemente de ser verdade), por isto vai ser preciso inteligência e sabedoria para lidar com este tipo de comportamento. Para ajudar nisso, Marte faz sextil com Saturno até o dia 03/12, ajudando a colocar um freio e um bom senso ao lidar com situações.

Relacionamentos: tempos de mudança e desejo de espaço

Além da pouca tolerância de Marte, Vênus também não vai ajudar ao se opor a Urano até o dia 06/12. Há risco de rebeldia e rupturas, ou então de reformulações em relacionamentos ou mais espaço por qualquer motivo (como uma viagem). Ou, ainda, de um esfriamento temporário. A melhor forma de usar esta combinação é tentando dar liberdade e espaço e lidando com diferenças.

O período também pode ser agitado e instável nas finanças (como se desligar de um emprego). Se possível, evite compras e investimentos importantes até o dia 06/12, quando Mercúrio retrógrado também não está ajudando. Mudanças estéticas também podem estar desfavorecidas, por não ficarem exatamente como se imaginava e precisando de novos ajustes, a não ser que se seja uma pessoa desapegada, sem medo de mudar.

Mudanças no plano mental no final de semana

Apesar de todas as contradições do Céu, estamos em um período de especial expressividade e inteligência, com Sol/Mercúrio/Júpiter conjuntos, podendo ser inspirados ou inspirar.

No sábado (01), o planeta do plano mental e da comunicação, Mercúrio, retorna para Escorpião. A comunicação, que andou impetuosa e expansiva com ele em Sagitário, tende a se fechar um pouco, já que Escorpião analisa mais o contexto, tendo uma natureza mais investigativa e observadora.  O pensamento é mais emotivo, e, por isto, temos que ter mais cuidado com o que deixamos absorver mentalmente, já que Escorpião pode se tornar facilmente obsessivo. Contudo, o posicionamento, presente até 12/12, também favorece pesquisa, concentração, cura e terapias.

Amor mais erótico, porém intenso

Vênus retorna para Escorpião no domingo (02), e segue neste signo até 07/01. Vantagem imediata para o amor: é um trânsito muito mais erotizado do que Vênus em Libra (31/10 a 02/12), que tem um tom mais companheiro, mas há também mais intensidade, o que nem sempre é fácil de moderar,. Pode haver mais brigas, cenas de ciúme, etc. Do lado positivo, há um investimento na intimidade e conexão.

Nas relações em geral, mágoas podem emergir e precisarem ser resolvidas, mas há também chance de retomadas, conexão e curas. Porém, a melhor época para isto pode não ser até 06/12, quando a oposição de Vênus com Urano tende ao radicalismo e rupturas. A não ser que, por força das circunstâncias, seja necessário negociar novos termos em uma relação.

O que você espera para sua vida em 2019? Veja previsões da Astrologia, Numerologia e Tarot para você.

+ Tendências da Astrologia para 2019. Veja as principaos tendências para o seu signo e o seu ascendente.

+ Descubra os seus principais potenciais para 2019 com o seu Mapa do Ano. Leia a amostra gratuita.

+ O que acha de aproveitar 2019 ao máximo? Descubra o número, o aroma e a pedra do seu ano.

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer.

[email protected]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo