Como viver uma vida com propósito

Três dicas para seguir um caminho com clareza e consciência

Por Vitor Esprega

Encontrar um propósito de vida é algo muito obscuro para a maior parte de nós. Geralmente ele é atrelado ao futuro, a outros lugares, experiências, ou em algo a ser alcançado. É fácil pensar que é impossível.

Os altos e baixos do trabalho e vida social às vezes fazem com que as coisas percam o sentido, com um vazio crescendo no peito. As pessoas acabam por ficar mais quietas, isoladas e chegam a negar esse sentimento. O que costuma vir a seguir é o desejo de uma maior intensidade das experiências sensoriais e sociais, que pode se caracterizar na busca pelo o que puder dar razão para continuar em frente, pelo menos por um dia.

Métodos paliativos ajudam, a curto prazo, a dar ânimo rápido e incentivar a encontrar respostas. Mas ficar nessa situação por muito tempo desgasta, aumentando o vazio. Por que é tão difícil encontrar, seguir e alcançar uma vida com propósito?

Propósito é a jornada, não o destino

Duas palavras definem bem o que é uma vida com propósito. Uma é a “vocação”, comumente utilizada no Ocidente, que vem do latim vocatio e significa algo como “chamado da natureza” ou “chamado interno”. No Oriente, utiliza-se muito a palavra sânscrita dharma, que, apesar de apresentar traduções aparentemente diferentes, na verdade são complementares: “dever”, “caminho”, “jornada” ou “compromissos”.

A felicidade está disponível aqui, agora, para todos os seres e em todos os lugares. O que leva ao seu encontro é alinhar o cotidiano ao propósito

Ter uma vida com propósito é possível a partir da junção da vocação com o dharma. O propósito é o chamado natural para realizar seu compromisso com a vida. Não tem nada a ver com alcançar algo no futuro, o que pode ser entendido com uma meta, objetivo ou sonho. propósito é a jornada e não o destino.

Seguindo uma vida com propósito

Temos uma bússola interna natural que indica o caminho: o coração. Quando aperta, pode ser um sinal de que estamos em desacordo com nosso propósito. Quando alivia, por sua vez, pode indicar uma sintonia. Não é fácil identificar como se realinhar ao propósito assim que perceber o coração apertado. É necessário refletir e investigar, pedir ajuda ou se inspirar em alguém.

Normalmente temos uma dúvida quando sentimos esse aperto e, no geral, a resposta está dentro de nós, mas existe o medo de decidir ou não saber como fazer. Por isso, um especialista ou mentor pode auxiliar a destravar o medo e dar clareza sobre as tomadas de decisões e caminhos a serem percorridos.

Um erro é acreditar que o propósito é estático quando, na verdade, é mutável, um desdobramento contínuo. Dúvidas podem surgir no caminho, mas elas trazem informações úteis que ajudam na caminhada e servem como alerta. Devem ser levadas em consideração para planejar e refletir sobre os melhores caminhos.

A felicidade está disponível aqui, agora, para todos os seres e em todos os lugares. O que leva ao seu encontro é alinhar o cotidiano ao propósito. Como fazemos então para vivermos uma vida com propósito a cada dia?

  1. Tenha princípios claros: liste três princípios evidentemente positivos e construtivos para o mundo (amor, compaixão, perdão, bondade, generosidade, desapego, harmonia, paz, gratidão ou qualquer outro que faça sentido). Se os princípios que você escolheu deixarem de fazer sentido ou aparentemente não estiverem funcionando, troque por outros que façam mais sentido naquele momento. Os princípios são suas leis pessoais e devem ser mantidos em silêncio. O mais importante é se alinhar cada vez mais a eles e nunca desistir de segui-los. Continuar em frente não importa o que aconteça!
  2. Seus princípios também são o seu propósito: se você estiver se tornando cada vez mais seus princípios, seu propósito já está acontecendo. Você precisa usar seus talentos de forma a traduzi-los para o mundo real, para o dia a dia, por meio de ações, palavras e, principalmente, pensamentos. Pensamentos negativos virão e não importa quantas vezes eles venham, desde que você escolha se alinhar novamente aos princípios. Não importa quantas vezes você saia do centro, o que importa é quantas vezes você volta até ele!
  3. Seu propósito é a única coisa que importa: os resultados e ganhos são secundários, o importante é deixar a felicidade aflorar a cada momento, sendo quem você é a cada instante. Se estiver sendo você, isso irá contribuir com o mundo de alguma forma, além de inspirar outras pessoas. Ser você mesmo é o melhor que você pode fazer por você e pelo mundo!

Vale ressaltar que não há problema em ter conquistas pessoais de curto prazo. Prazeres como comer bem e sair com amigos são saudáveis, mas, se colocados à frente do propósito por muito tempo, podem causar frustração.

Além destas dicas principais, é possível baixar o guia gratuito de autodesafios para conhecer ferramentas e recursos para complementar e incentivar a busca por seu propósito maior.

O que você espera para sua vida em 2019? Veja previsões da Astrologia, Numerologia e Tarot para você.

+ Tendências da Astrologia para 2019. Veja as principaos tendências para o seu signo e o seu ascendente.

+ Numerologia revela intensidade no amor e uma dose extra de ciúmes em 2019. Leia Mais.

+ Água-marinha e ágata são as pedras de 2019. Veja como usá-las para potencializar as energias do ano novo.

Vitor Esprega

Mentor de Alta Performance. Pós-graduado em Psicologia Positiva e Coaching, é escritor há 10 anos e tem 3 livros lançados, além de mais de 350 artigos publicados

[email protected]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo