Previsões para Virgem em 2019

Confira as principais tendências para quem tem Sol ou ascendente no signo

Por Marcia Fervienza

Ano de possível crescimento, mas de atenção aos excessos para os virginianos. Você confere a seguir previsões para Virgem detalhadas, divididas por decanato. Mas o dia que um decanato inicia ou termina pode sofrer leves variações anualmente. Portanto, caso tenha nascido no dia de início ou término de um decanato, é importante consultar um astrólogo para tirar a dúvida.

No final do conteúdo, você também encontra as principais tendências para quem tem ascendente em Virgem.

Vale reforçar, ainda, que as previsões focam nos aspectos que o Sol (ou o ascendente) em Virgem viverá ao longo de 2019. Por este motivo, pode acontecer de um decanato ter trânsitos mais expressivos que outros.

Lembre-se que você é muito mais do que apenas seu signo solar e ascendente. Portanto, para ter uma análise completa de como será seu ano, é preciso analisar outros aspectos de seu Mapa Astral.

Confira abaixo as previsões para seu signo ou ascendente (caso não saiba seu ascendente, clique aqui e descubra gratuitamente).

Júpiter em Sagitário até o dia 2 de dezembro faz quadratura ao Sol destes nativos, o que pode trazer sorte, mas também poderá deixá-los ousados, algo arrogantes, excessivamente autoindulgentes ou até preguiçosos.

Júpiter é um planeta benéfico, que fala de expansão e crescimento. Mas quando ele faz quadratura ao nosso Sol, essas qualidades podem ficar algo distorcidas ou podem se manifestar de forma desmedida. Não é o benefício que deixa de se manifestar, mas o uso que fazemos dele que pode torná-lo não tão benéfico assim. Mesmo assim, o trânsito é importante, porque quadratura gera movimento, e quando Júpiter está envolvido, buscamos crescer e expandir.

Ser otimista é bom, desde que não se perca a realidade de vista

Qual o perigo, então? Superestimar as próprias capacidades, não avaliar de forma realista as possibilidades que se apresentam ou embarcar em situações que não se sustentam a longo prazo, trocando o certo pelo duvidoso.

Além disso, muitos assumem mais do que deveriam ou tomam riscos sem pensar sobre todas as consequências de suas decisões, como resultado de um excesso de confiança em si mesmo e no futuro. Ser otimista é bom, desde que não se perca a realidade de vista. Afinal, os trânsitos de Júpiter duram 1 ano, e se o crescimento alcançado durante este período não for sustentável, depois teremos que arcar com as consequências de quaisquer atitudes tomadas (ou não tomadas) naquele período.

Primeiro decanato – 23 de Agosto a 22 de Setembro

Para os nativos do primeiro decanato, o primeiro semestre do ano é extremamente agitado. Júpiter faz quadratura ao seu Sol, aumentando a ambição e autoconfiança. Além disso, a partir de 7 de março, Urano entra em Touro e faz um trígono ao Sol destes nativos, estimulando o desejo por mudanças tanto na área pessoal como profissional.

Touro fala de finanças e valores. Com isso, é esperado que assuntos relacionados a dinheiro e autoestima sejam pelo menos questionados em 2019. Com a quadratura de Júpiter, a pergunta deve ser: será que eu não posso mais? Estou sendo adequadamente valorizado, tanto do ponto de vista pessoal como profissional? Estou sendo financeiramente recompensado pelo que valho? Ou o mercado pode me oferecer mais?

Estes questionamentos abrirão espaço para transformações, mas aqui não precisa se relacionar a algo totalmente novo. O que está em jogo pode ser apenas uma nova forma de funcionar ou de se relacionar dentro de uma situação atual, ou uma nova forma de ganhar (ou gastar) dinheiro. Urano em trígono fala mais de inovação e criatividade do que de situações de descontinuidade, o que é sempre positivo.

Mas mudar é preciso. Para estes nativos, o período mais ativo de mudanças será entre 7 de março a 11 de agosto

Algumas datas importantes: evite transações financeiras e discussões sobre relacionamentos nos períodos entre 8 e 16 de janeiro, 10 e 17 de junho, e 9 e 16 de outubro. Para o amor, o seu período de ouro vai de 22 a 29 de agosto, quando Vênus faz conjunção ao seu Sol, contribuindo para tudo que se relacione a aparência, relacionamentos, influência, sociabilidade e beleza.

Fique atento para evitar respostas explosivas entre 22 de agosto e 2 de setembro. Use esse período para dar início a uma nova atividade ou projeto que requer energia e motivação, e evite usá-lo para entrar em embates com terceiros. Você não tem nada a ganhar com isso. Cuidado, também, com a impulsividade e com ações que não meçam riscos. Marte não só estará conjunto ao seu Sol mas também estará quadrado a Júpiter em Sagitário, o que pode sempre indicar risco de atitudes inconsequentes com consequências indesejáveis.

Segundo decanato – 3 a 12 de Setembro

Para os nativos do segundo decanato temos um mix interessante de influências. Para os nascidos entre 7 e 12 de setembro, Netuno em Peixes continua criando dúvidas a respeito do que é real e o que é ilusão. Como o aspecto envolvido é oposição, este dilema será percebido mais fortemente através da relação com o outro. Será difícil não só entender os outros, mas também fazer-se entender.

É comum ler de forma equivocada as ações e intenções dos demais, seja porque os vestimos com roupa de príncipe/princesa para que atendam nossas expectativas, ou porque eles intencionalmente nos iludem em benefício próprio.

E isso é bom, porque com um trânsito de Netuno tão ativo, não é recomendado tomar nenhuma decisão irrevogável ou de longo prazo. Melhor mesmo esperar o período passar antes de assumir compromissos importantes.

É possível, ainda, que durante este período, relacionamentos fiquem indefinidos, surgindo ainda uma dificuldade maior em se sentir seguro a respeito da direção que ele está tomando.

Como estes nativos também recebem a quadratura de Júpiter sobre seu Sol (até 14 de fevereiro, e depois de 7 de junho a 13 de outubro), é preciso atenção redobrada. Isto porque as energias de Júpiter e Netuno se potencializam mutuamente. Tanto Júpiter quanto Netuno falam de sonho e de fé.

Júpiter diz “você merece mais” e Netuno se apresenta como aquela opção de outro mundo que não esperávamos, aquele amor que parece estar escrito nas estrelas. Júpiter é ambicioso e eleva as nossas expectativas, enquanto Netuno nos ilude se apresentando como a concretização de tais expectativas. Então, é preciso cuidado, critério, e sempre ter alguém de confiança a quem consultar quando tudo parecer “bom demais”. Aliás, se parecer bom demais, é porque não é real. Melhor parar para pensar melhor e talvez até cair fora. Netuno estará mais ativo até 21 de junho e a partir de 28 de novembro.

Existe, no entanto, a possibilidade de um resultado positivo para a influência de Júpiter e Netuno: permita-se sonhar grande e explore como você poderia crescer. Depois, defina de que forma a imagem que você projeta para o mundo pode favorecer esse crescimento. Em outras palavras, invista em seu carisma para influenciar as pessoas do seu relacionamento e para chegar onde deseja.

Explico: Saturno em Capricórnio está fazendo trígono ao Sol dos nascidos no segundo decanato (até 29 de abril e a partir de 17 de setembro), o que favorece progresso profissional, lento e gradual. Além disso, ele faz sextil a Netuno, o que abre uma janela de oportunidade para a utilização desta energia de forma positiva. A questão é só não perder de vista a realidade. Atividades que envolvem trabalho com ajuda aos menos favorecidos e com as artes também são indicadas.

Terceiro decanato – 13 a 22 de Setembro

Para os nativos do terceiro decanato, temos a influência da quadratura de Júpiter (entre 15 de fevereiro e 10 de abril, e entre 14 de outubro e 2 de dezembro) e o trígono de Plutão em Capricórnio. Se por um lado, Júpiter diz “você merece mais”, por outro Plutão pergunta: “Ok, mas o que é esse ‘mais’ que você está buscando? O que realmente vai te satisfazer? Qual é a sua paixão?”.

Júpiter quer avançar, não interessa como e nem em qual direção, desde que haja aparente progresso. Plutão quer que você busque dentro de você o que você realmente deseja, e que você vá atrás disso. O problema aqui é que a quadratura é um aspecto tenso, que causa incômodo. Como tal, ela nos leva a agir, ainda que seja só para eliminar aquela tensão interna.

Já o trígono não é uma energia que “incomoda” e que necessariamente gera ação. Ela é um benefício, uma janela aberta que está disponível para quando você decidir agir.

Se você não decidir agir sobre aquilo, ela será desperdiçada. Por si só, ela não causa nada: o movimento precisa vir de você.

Então, qual é o problema? É que acabamos respondendo cada vez mais rápido a aspectos de quadratura – embora tenham poder de mudança, se mal usados, podem ser destrutivos – do que a aspectos de trígono. E estes nativos (especialmente os nascidos entre 14 e 17 de setembro) podem acabar criando movimento de mudança sem saber de verdade aquilo que a sua alma busca, podendo causar arrependimentos futuros.

Lembre-se: mude, mas não o faça sem olhar para dentro. Este incomodo externo reflete uma insatisfação interna que não será resolvida permanentemente com qualquer mudança.

Ascendente em Virgem

Para os nascidos com ascendente em Virgem, este pode ser um ano de mudança de casa, que envolve, inclusive, mudança de estado ou país. Isso porque Júpiter estará em trânsito pela sua casa 4 (casa que fala do lar, família e terra de origem) e Urano estará passando pela sua casa 9 (casa que fala do estrangeiro, do que está distante, de culturas diferentes).

Como a casa 4 faz oposição à casa 10 (da carreira e profissão), pode ser que tal mudança ocorra em função de algum desenvolvimento profissional, e que seja o resultado de uma promoção ou um movimento necessário para manter a posição profissional conquistada. Como a casa 4 é uma casa angular, esta passagem de Júpiter vai exigir crescimento de outras áreas da sua vida também, inclusive relacionamentos (casa 7).

Como o aspecto é de quadratura, tal trânsito tende a ser estressante para você. É como se você fosse obrigado a crescer e a mudar, mesmo sem querer. Mas o movimento será positivo (Júpiter é benéfico), mas tende a ter um custo para você.

Outra manifestação comum deste trânsito é um aumento de atenção a assuntos relacionados ao lar, família e/ou bens materiais. Aqueles que não mudam durante este período podem comprar uma casa maior (talvez para acomodar pessoas que vêm morar sob o mesmo teto), redecorar a casa atual, fazer reformas, investir em imóveis, etc.

A questão é que como assuntos relacionados ao lar e família ganham importância, geralmente ficamos menos atentos ao lado profissional, o que pode gerar problemas naquela área. O que acaba acontecendo é uma “queda de braço” na disputa pela sua atenção, e a tendência é sempre focar onde está Júpiter, até porque é ali que encontramos nossa maior fonte de prazer.

O que você espera para sua vida em 2019? Veja previsões da Astrologia, Numerologia e Tarot para você.

+ Tendências da Astrologia para 2019. Veja as principaos tendências para o seu signo e o seu ascendente.

+ Numerologia revela intensidade no amor e uma dose extra de ciúmes em 2019. Leia Mais.

+ Água-marinha e ágata são as pedras de 2019. Veja como usá-las para potencializar as energias do ano novo.

Marcia Fervienza

Astróloga há mais de 15 anos e psicóloga, atua como colaboradora em Astrologia para diversas revistas e possui trabalhos publicados em vários países. Oferece atendimentos astrológicos presenciais e virtuais.

[email protected]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo