Daniel Serra chega em 3º em Interlagos e é campeão da Stock Car

Por Estadão Conteúdo
Antonio Cicero/Photo Press/Folhapress
Daniel Serra chega em 3º em Interlagos e é campeão da Stock Car

O piloto paulista Daniel Serra se sagrou o campeão da temporada 2017 da Stock Car neste domingo ao chegar em terceiro lugar na etapa que encerrou o campeonato, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Serra garantiu o título ao chegar em terceiro lugar. Seu rival na disputa, o também paulista Thiago Camilo, foi apenas o 15º.

A vitória da etapa ficou com Ricardo Maurício. O segundo colocado foi Max Wilson. Assim, a equipe Eurofarma contou com seus três pilotos no pódio na manhã deste domingo. Serra chegou em Interlagos com vantagem de 15 pontos na liderança do campeonato e só precisava terminar a prova à frente de Camilo para conquistar seu primeiro título na principal categoria do automobilismo brasileiro.

Foi o quarto troféu da família Serra na Stock Car. Isso porque o pai de Daniel, Chico Serra, é tricampeão da categoria. Camilo, que assim como o novo campeão, buscava o primeiro título na categoria e também é filho de ex-piloto do campeonato. "Este título foi muito mais importante do que qualquer um que eu tenha conquistado. Ver o filho campeão é muito mais legal do que vencer", disse Chico Serra, em entrevista ao canal Sportv.

Daniel festejou a conquista inédita. "Foi um ano fantástico, com quatro vitórias, quatro poles. É sensacional terminar o campeonato assim, com esse pódio todo da equipe. Vai demorar um pouquinho para cair a ficha ainda. Poucas pessoas sabem o quanto eu me dedico para isso", comemorou o piloto de 33 anos, que terminou o campeonato com 371 pontos. Camilo somou 324 e Max Wilson ficou em terceiro na temporada, com 292.

O título da temporada 2017 foi decidido numa corrida de poucas emoções em razão da postura mais cautelosa de Daniel Serra. Os melhores momentos aconteceram nas primeiras voltas, quando o novo campeão se revezou com Ricardo Maurício na primeira posição Maurício largou na ponta, mas perdeu a colocação logo na primeira volta para Serra.

Thiago Camilo, por sua vez, fez largada ruim. Saiu em oitavo e, precisando correr atrás do prejuízo, perdeu duas posições na primeira volta. A distância para o rival deixou Serra mais tranquilo na pista, exigindo menos ousadia do piloto até o final

Serra ficou em segundo durante a maior parte da prova, mas caiu para terceiro após a parada nos boxes, na 12ª volta, para o pit stop obrigatório. Camilo demorou um pouco mais para fazer a parada, no 17º giro, mas não foi o suficiente para ganhar terreno na corrida.

Sem sofrer ameaças, Serra mostrou tranquilidade na segunda metade da prova e não arriscou até cruzar a linha de chegada na terceira colocação, fazendo a festa com a equipe. Ao deixar o carro, recebeu o troféu de campeão do ano das mãos de Emerson Fittipaldi, bicampeão da Fórmula 1.

Loading...
Revisa el siguiente artículo