Temer aposta que saída do PSDB do governo será 'cortês e elegante' e é vaiado ao falar de economia

Por Redação com Estadão Conteúdo
Reprodução/Facebook
Temer aposta que saída do PSDB do governo será 'cortês e elegante' e é vaiado ao falar de economia

Em entrega de 896 unidades do programa Minha Casa, Minha Vida em Limeira, interior de São Paulo, o presidente Michel Temer afirmou que saída do PSDB será "cortês e elegante".

"Será uma coisa cortês e elegante, como do meu estilo e do governador", se referiu a Geraldo Alckmin, que estava presente à cerimônia.

Temer também foi vaiado durante em seu discurso. Em mais de um momento, os presentes vaiaram o peemedebista. Houve quem gritasse "Fora, Temer". Quando ele disse que em "18 meses de governo, o Brasil não parou", a plateia rompeu em vaias.

Depois de falar da melhora econômica do País, o presidente escolheu encerrar o discurso com um provérbio bíblico, que também foi acompanhado de vaias. "Está alguém entre vós triste, orai. Está alguém entre vós alegre, cantai louvores. Eu quero cantar louvores", disse.

Loading...
Revisa el siguiente artículo