Corinthians diz que terá força máxima até o fim do Brasileirão

Por Estadão Conteúdo
Presidente do Corinthians Roberto de Andrade - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Corinthians diz que terá força máxima até o fim do Brasileirão

Embora já tenha garantido o título por antecipação, o Corinthians vai escalar o que tem de melhor nas três últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Quem garante isso é o presidente do clube, Roberto de Andrade. O dirigente diz que o clube tem a preocupação de não atrapalhar os times que brigam por algum objetivo nesta reta final da competição.

"Vamos com time principal. Pode ser que haja algo pontual, por desgaste, mas nossas férias serão a partir do dia 3 (de dezembro). Precisamos respeitar o campeonato, temos mais três jogos, contra times que estão disputando Libertadores ou contra queda. Não podemos colocar times alternativos, que possa interferir no resultado ou prejudicar alguém", disse o dirigente, em entrevista ao Sportv.

Depois do jogo contra o Fluminense, na última quarta-feira à noite, quando o Corinthians assegurou o título com uma vitória por 3 a 1, no Itaquerão, o técnico Fábio Carille disse que iria analisar com cautela a situação e que poderia poupar alguns jogadores. O atacante Jô é um dos titulares que já avisou que gostaria de jogar, pois disputa a artilharia do Brasileiro. Atualmente, o corintiano tem 18 gols, contra 17 de Henrique Dourado.

O dirigente ainda confirmou que o clube deve contratar de quatro a cinco reforços, sem citar nomes. E assim como fez após a conquista do título, reafirmou que o lateral-esquerdo Guilherme Arana ainda não acertou com o Sevilla, mas já admite a possibilidade de perder o jogador para o futebol europeu.

Já com a taça assegurada, o Corinthians voltará a campo pelo Brasileirão neste domingo, às 17 horas, contra o Flamengo, no estádio Luso Brasileiro, no Rio, pela antepenúltima rodada da competição.

Loading...
Revisa el siguiente artículo