BNDES vira sócio de vencedora do Galeão

Por talita
Odebrecht TransPort terá aporte de R$ 1 bi | Wilson Dias/ABr/Arquivo Odebrecht TransPort terá aporte de
R$ 1 bi | Wilson Dias/ABr/Arquivo

A BNDESPar, braço de participações do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), irá fazer um aporte de R$ 1 bilhão dentro de um aumento de capital da Odebrecht TransPort, que venceu em novembro a concessão pelo aeroporto de Galeão (RJ) e pela rodovia BR-163 no Mato Grosso.

A BNDESPar passará a deter 10,61% do capital da companhia de logística após a operação. O aumento de capital da Odebrecht Transport irá totalizar R$ 1,429 bilhão, sendo que além do aporte da BNDESPar, R$ 429 milhões serão subscritos pelo FI-FGTS, que manterá sua participação atual de 30%.

O BNDESPar vem realizando aportes de capitais em diversas empresas de logística, como parte da estratégia do governo federal de elevar os investimentos no setor.

A Odebrecht Transport venceu no fim de novembro a concessão do aeroporto de Galeão (RJ), juntamente com a empresa Changi de Cingapura, ao fazer uma oferta de R$ 19,018 bilhões de reais, quase quatro vezes maior que o lance mínimo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo