Snowden já pode deixar aeroporto de Moscou

Ex-consultor da inteligência americana está retido no local há um mês

Edward Snowden, de 29 anos, trabalhava para uma empresa que prestava serviços à Agência Nacional de Segurança (NSA) / The Guardian/AFP Edward Snowden, de 29 anos, trabalhava para uma empresa que prestava serviços à Agência Nacional de Segurança (NSA) / The Guardian/AFP

A Rússia entregou ao ex-consultor da inteligência americana Edward Snowden os documentos que lhe permitirão sair do aeroporto de Moscou, onde está bloqueado há um mês. Agências de notícias da Rússia confirmaram o fato nesta quarta-feira.

“O americano se prepara para sair”, indicou uma fonte próxima ao caso à agência “Interfax”. Outra fonte disse à agência que o fugitivo americano pode sair do aeroporto nas próximas horas. “Snowden já não está em seu quarto. Ainda está na zona de trânsito. No entanto, recolheu todos os objetos pessoais do quarto”, acrescentou.

A agência “RIA Novosti”, que citou uma fonte das forças de segurança, indicou que o serviço de Migrações forneceu o documento que lhe permitirá deixar a zona de trânsito. O serviço citado, interrogado pela agência oficial “Itar-Tass”, porém, não confirmou esta informação.

A agência “Interfax” disse, por sua vez, que o advogado russo de Snowden, Anatoli Kucherena, era quem deveria entregar o documento a ele. Segundo a “RIA Novosti”, o advogado encontra-se atualmente no aeroporto, mas não foi possível localizá-lo até o momento.

Um porta-voz do WikiLeaks disse que, por enquanto, não podia comentar estas informações. O site WikiLeaks, fundado pelo australiano Julian Assange, cumpriu um papel ativo na chegada de Snowden ao aeroporto de Moscou.

O ex-consultor da inteligência americana pediu oficialmente na semana passada asilo temporário à Rússia, depois de não conseguir viajar a um dos países da América Latina que se declararam dispostos a conceder asilo a ele.

Kucherena havia explicado que o serviço de Migrações deveria entregar a ele em um prazo de sete dias um certificado segundo o qual o registro é válido. Este certificado permite que ele se desloque pela Rússia.

Os Estados Unidos, por sua vez, reiteraram em várias ocasiões o pedido de extradição de Snowden, acusado de espionagem.

Loading...
Revisa el siguiente artículo