Terremotos causados por erupção sacodem maior ilha do Havaí

Por Ansa

Rios de lava, fortes terremotos e gases tóxicos sacudiram a maior ilha do arquipélago do Havaí, nos Estados Unidos, por causa do deslocamento de magma sob o vulcão Kilauea, que entrou em erupção.

Um dos tremores atingiu 6.9 na escala Richter, o mais forte registrado na região desde 1975, como parte de uma sequência sísmica provocada pela atividade no Kilauea. Especialistas ainda tentam avaliar o quanto os terremotos podem afetar na erupção em si.

Até o momento não há registro de vítimas, já que as autoridades ordenaram a evacuação de quase 2 mil pessoas, além de terem alertado os residentes sobre os perigos do gás sulfúrico para idosos e indivíduos com problemas respiratórios. Duas casas foram engolidas pela lava.

Também foram esvaziados o parque nacional da ilha, devido aos deslizamentos causados pelos tremores, e o campus da Universidade do Havaí. No entanto, o lago de lava na cratera do vulcão diminuiu significativamente, sugerindo que o magma está se movimentando na direção leste, rumo a Puma, distrito majoritariamente rural.

O Kilauea não é um tipo de vulcão que costuma expelir lava de seu cume em direção ao céu, causando uma destruição generalizada. Ele tende a escoar lava pelas fissuras nas laterais, o que dá aos moradores tempo para escapar.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo