200 anos de Marx: cidade alemã vende notas de 0 euro para homenagear filósofo

Por Metro Jornal com Reuters

A cidade alemã de Trier está tendo dificuldades em suprir a demanda por notas de 0 euro, ilustradas com o rosto de seu cidadão mais famoso, o filósofo Karl Marx, vendidas por 3 euros cada como parte das comemorações dos 200 anos de seu nascimento, que nasceu em 5 de maio de 1818.

Os trabalhos mais conhecidos e influentes de Marx são “O Manifesto Comunista”, escrito junto com Friedrich Engels e publicado em 1848 e sua análise crítica do capitalismo “O Capital”, lançado duas décadas depois.

Leia mais:
Drama O Jovem Karl Marx remonta origens do Manifesto Comunista
Médium e escritor Luiz Gasparetto morre aos 68 anos

“O souvenir brinca com as críticas de Marx ao capitalismo e, claro, a nota de 0 euro combina perfeitamente com Marx como tema”, disse Norbert Kaethler, diretor-geral do Departamento de Turismo de Triers.

Ele observou que Marx não ganhou muito dinheiro com suas teorias e viveu na pobreza por diversos anos de sua vida.

O Departamento de Turismo de Trier disse que já havia vendido 5 mil das notas roxas, que parecem com notas verdadeiras de euro, mas são identificadas como “souvenir”, e que está imprimindo mais 20 mil.

Marx, que acreditava que o capitalismo seria suplantado pelo socialismo, passou os primeiros 17 anos de sua vida em Trier. A cidade sente orgulho de um de seus moradores mais famosos, embora alguns alemães responsabilizem suas ideias pela ascensão de ditadores comunistas na Rússia, China e em Cuba e pela divisão de seu país durante a Guerra Fria.

A cidade está aproveitando ao máximo o aniversário de 200 anos de seu nascimento. Outros itens comemorativos incluem um pato de borracha barbado com uma cópia de “O Capital” debaixo de uma asa, representando Marx.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo