Empresas desistem de fazer teste de maconha porque muitos funcionários competentes eram reprovados

Por Metro Jornal

Nos Estados Unidos, diversas empresas estão tendo dificuldades em contratar novos funcionários. Na Califórnia, a FPI Management, uma empresa do setor imobiliário, está com dezenas de vagas abertas. Fábricas de New Hampshire a Michigan estão precisando de novos trabalhadores, assim como hotéis em Las Vegas. Mas elas não conseguem contratar.

O motivo da dificuldade? Muitos candidatos que seriam perfeitamente aptos para o cargo eram reprovados nos testes de drogas por causa da maconha. Pensando nisso, alguns empregadores americanos decidiram tirar a maconha dos testes de drogas para garantir o preenchimento das vagas.

De acordo com a agência de notícias AP (Associated Press), usuários de maconha medicial em Massachusetts, Connecticut e Rhode Island já venceram processos no ano passado contra empresas que rescindiram ofertas de emprego ou demitiram trabalhadores por causa de testes positivos para cannabis.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo