Caso de incesto que ganhou as manchetes do mundo termina de forma trágica

Por Metro Internacional

O caso de incesto que ocorreu em Na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, e ganhou as manchetes mundiais acabou da pior maneira possível.

Tudo começou quando Steven Pladl (45) e sua esposa tiveram uma filha chamada Katie, mas decidiram entregar a recém-nascida para a adoção. O casal continuou junto e teve mais dois filhos criados dessa vez com a família.

Quando Katie atingiu a maioridade, decidiu encontrar seus pais biológicos e se mudou para a casa deles, mas três meses depois da chegada da jovem, o casal se separou.

Pai e filha decidiram se casar – com o consentimento dos avós paternos – e tiveram um bebê juntos. Porém, foram denunciados pela mãe de Katie e ex-esposa de Steven, terminando presos.

Foto Reprodução / Facebook

Segundo o Metro Reino Unido, após cumprir a condena, um acordo judicial exigia que pai e filha não tivessem nenhum tipo de contato. Então Katie, de apenas 20 anos, voltou a morar com seus pais adotivos.

Contudo, parece que eles continuaram a se relacionar e Katie decidiu terminar o compromisso nessa última quarta-feira (11). O homem ficou descontrolado e acabou assassinando seu filho de sete meses. Katie e seu pai adotivo também foram achados mortos.

Finalmente, o corpo de Steven também foi encontrado dentro de seu carro em uma estrada.

Foto Reprodução / Condado de Wake
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo