A história por trás da triste foto de um bebê que emocionou a África do Sul

Por Metro Internacional

Charmaine Keevy, uma mulher de 63 anos costumava levar seu cachorro para passear todos os dias, mas desta vez foi diferente. O cachorro começou a latir descontroladamente para uma fossa de concreto tapada.

Nesse momento, a senhora escutou um tipo de “gemido” baixo e pensou que um gato estava preso na estrutura de cimento. Ao ouvir um pouco melhor as “queixas” que vinham de dentro da fossa ela constatou algo chocante: se tratava de um bebê.

Imediatamente ela começou a pedir ajuda para os condutores que passavam por ali naquela manhã. Cornir Viljoen foi a pessoa que decidiu ajudá-la nesse trágico momento.

Segundo o Infobae, ambos agiram rápido: o homem buscou uma barra de ferro para conseguir fazer uma espécie de alavanca e retirar a tampa de concreto. Nesse instante eles encontraram a bebê recém-nascida, ainda com o cordão umbilical.

Viljoen percebeu que o local e o bebê estavam infestados de formigas vermelhas, uma espécie cuja picadura causa muita dor e desconforto. Com dificuldade, o homem conseguiu retirar o bebê do lugar e tirou uma fotografia do momento com o seu celular.

Em poucos minutos, uma equipe médica chegou ao local para prestar os primeiros socorros. O bebê tinha sintomas de hipotermia e picaduras pelo corpo.

De acordo com as informações policiais, a criança só poderia chegar nesse local se alguém tivesse destapado a fossa, a deixado aí e tapado novamente.

A bebê foi batizada de Grace April e continua hospitalizada, com melhoras consideráveis aos tratamentos que está sendo submetida.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo