540 kg de maconha somem de depósito e policiais dizem que ratos teriam comido tudo

Por Eliane Quinalia

Um grupo de policiais foi demitido depois de afirmar que meia tonelada de maconha que havia desaparecido de um depósito na cidade de Pilar, na Argentina, havia sido devorada por ratos.

De acordo com o portal "G1", a droga que estava no depósito havia dois anos fazia parte de uma carga inicial de seis toneladas, mas apenas  5,46 toneladas foram encontradas no local.

Antes de afastar os policiais supostamente envolvidos no caso, o juiz Adrián González Charvay pediu a opinião de especialistas da Universidade de Buenos Aires para saber se os animais poderiam confundir a droga com alimento. A resposta foi negativa. Além disso, segundo os estudiosos, seria preciso um grupo muito grande de roedores para consumir 540 kg de maconha e, caso isso tivesse ocorrido mesmo, a maioria teria sido encontrada morta.

Os policiais ainda terão que se apresentar na Justiça no próximo mês para esclarecimentos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo