Quem espionar o celular do parceiro pode ir preso na Arábia Saudita

Por Metro Jornal

Em todo relacionamento, a privacidade é importante. Mas as vezes bate aquela vontade de espionar o celular do parceiro para vem com quem ele está conversando. Bom, se você morar na Arábia Saudita, essa prática pode dar cadeia.

O país decidiu punir com pena de um ano de prisão e multa elevada (180 mil euros) quem espionar o aparelho do cônjuge.

A medida está dentro de uma nova lei contra o crime cibernético que entrou em vigor na semana passada. O objetivo, de acordo com as autoridades, é "proteger a moralidade dos indivíduos e da sociedade, mas também a vida privada".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo