Avó de 93 anos abandona tudo para fazer voluntariado em orfanato na África

Por Metro Internacional

Às vezes, as notícias do mundo parecem muito negativas, mas são histórias como essa que nos fazem acreditar novamente no potencial do ser humano.

Uma vovó italiana de 93 anos, identificada como Irma, decidiu deixar toda a sua vida em seu país para enfrentar uma nova tarefa: trabalhar como voluntária em um orfanato no Quênia.

De acordo com La Repubblica, a mulher já fazia algumas doações ao local, até que ela refletiu que ajudar dessa forma não era o suficiente para criar uma vida diária melhor para as crianças que moram lá.

Por essa razão, ela informou sua filha que iria viajar a nação africana por três semanas e que sua neta Elisa Coltro a acompanharia nesse trabalho.

"Minha avó sempre amou a vida e nunca deixou nada parar ela", contou Elisa sobre Irma.

A garota também revelou que Irma ficou viúva aos 26 anos e que, a partir desse momento, se dedicou à assistência social.

"Esta é a minha avó Irma, uma jovem de 93 anos, que vai para o Quênia esta noite, não para um centro turístico para ser servida, mas para uma povoação de crianças, em um orfanato. Compartilho porque acho que todos deveríamos manter uma pitada de imprudência para viver e não apenas sobreviver. Olhe para ela… Quem pode detê-la? Eu a amo", publicou a neta no Facebook.

Foto Reprodução / Facebook
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo