Unicef e Facebook criam robô contra pornografia de vingança

Por Metro Jornal

O Unicef e o Facebook apresentaram nesta segunda-feira uma plataforma de inteligência artificial para ajudar adolescentes e jovens a compreender os riscos de se compartilhar imagens íntimas na internet.

Por meio da plataforma, batizada de Caretas, adolescentes a partir de 13 anos poderão interagir através de um bot no Messenger com a personagem fictícia Fabi, uma jovem que está se recuperando do fim de um relacionamento quando descobre que seu ex-namorado vazou um vídeo íntimo dos dois.  Também serão apresentadas formas efetivas de buscar ajuda em casos de violência on-line, como a ONG SaferNet Brasil (www.helpline.org.br).

Para iniciar uma conversa com a Fabi, basta entrar em www.facebook.com/ProjetoCaretas/ e clicar em “Enviar Mensagem”.

O sistema foi testado com 7,4 mil adolescentes entre junho e novembro de 2017, totalizando 1,6 milhão de mensagens. Pouco mais de 40% deles concluiu a experiência. Destes, apenas 39,7% declararam saber o que era sexting e como se proteger da violência on-line e do cyberbullying antes de participar da experiência. Após a conclusão dos passos, o percentual cresceu para 90,5%.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo