Pai finge ser a filha de 11 anos no WhatsApp para dar golpe em pedófilo

Por Metro Jornal

Um homem de 29 anos assediu sexualmente uma menina de 11 anos pelo Whatsapp e tentou fazer com que ela mentisse para família para vê-lo. O caso ocorreu em Buenos Aires, na Argentina.

A menor contou a situação para o seu pai, que passou a se passar pela filha e marcou um encontro com o abusador.

Walter Rodríguez disse aos veículos de comunicação da Argentina, que quando encontrou o suspeito, o espancou sem pensar duas vezes.

O abusador, identificado como Germán Acosta, enviava a sua filha fotos de conteúdo sexual e tinha pedido a ela que mandasse fotos suas com roupa íntima. Tudo isso sem saber que na verdade estava conversando com o pai dela.

"Sou virgem", disse a menor e o abusador respondeu "Que ótimo!".

Quando o pai o identificou na rua, começou a dar socos na sua cara e no corpo e depois chamou a polícia. Ele chegou a fotografar o homem todo ensanguentado e postar as imagens no Facebook, mas elas foram tiradas do ar.

O pai também terá que responder à Justiça por lesão corporal.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo