Se aproxima um mega terremoto massivo? Atividades no Anel de Fogo do Pacífico preocupam especialistas

Por Metro Internacional

Uma onda de terremotos atingiu a placa do Pacífico na semana passada, deixando todos em alerta de que um terremoto gigante e mortal pode acontecer a qualquer momento.

Os terremotos têm afetado recentemente o Japão, Guam (Ilhas Marianas) e Taiwan, em torno do chamado Anel de Fogo do planeta, uma zona em forma de ferradura que vai da Nova Zelândia ao Chile, um país também com muita atividade tectônica e vulcânica.

A comunidade científica está em alerta e, inclusive, já levantou a possibilidade de que um terremoto de grandes proporções pode ocorrer.

Alguns especialistas sugeriram que a frequência dos movimentos registrados são sinais de que um mega terremoto está por vir. Outros são mais otimistas e apontam que os eventos em torno do Anel de Fogo raramente estão relacionados e que, na maioria dos casos, os desastres adjacentes são uma coincidência.

O fato inegável é que o Anel de Fogo voltou à vida com uma série de desastres que causaram 17 mortes em Taiwan no dia 6 de fevereiro e forçaram a evacuação de cerca de 61 mil pessoas nas Filipinas, em 22 de janeiro, pela erupção do vulcão de Mayon. No Alasca, um terremoto de 7.9 graus na escala Richter desencadeou um aviso de tsunami.

O Escritório de Emergências Naturais da ONU, compartilhou através de sua conta no Twitter que a atividade no Anel de Fogo permanece constante.

Toshiyasu Nagao, chefe do centro de pesquisa de Previsão de terremoto na Universidade de Tokai, disse ao Japan Times que "a bacia do Pacífico está em um período de atividade. Em termos de história vulcânica, a atividade atual é considerada normal".

Por outro lado, o geólogo da universidade de Perth, Chris Elders, disse em uma entrevista ao The New Daily que, mesmo que todos os sismos das últimas semanas tenham uma origem em comum, ainda é impossível prever se isso terá ou não consequência e desencadeará uma mega terremoto.

Ele afirmou que "a própria região é um terreno fértil para a atividade sísmica".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo