Trump facilitou a compra de armas por pessoas com doenças mentais

Por Metro Internacional
Reprodução / AP e Divulgação
Trump facilitou a compra de armas por pessoas com doenças mentais

Em fevereiro de 2017, Trump assinou um projeto de lei que eliminou um regulamento introduzido pelo governo Barack Obama que dificultava às pessoas com sérios problemas de saúde mental a comprar armas.

Essa foi uma das primeiras ações da sua presidência e ocorreu depois que Trump recebeu US$ 21 milhões da National Rifle Association, o maior grupo de pressão de armas nos Estados Unidos, durante sua campanha.

Obama propôs o regulamento um ano após o tiroteio da Escola Primária Sandy Hook, em 2012, no qual 20 crianças e seis adultos foram mortos por um homem armado com um rifle semi-automático e uma revólver.

A regulamentação do ex-presidente exigia que qualquer pessoa que recebesse auxilio do serviço social por doenças mentais e aquelas consideradas incapazes de administrar seus próprios assuntos financeiros fossem adicionadas a uma base de dados para que não pudessem comprar armas.

A administração de Obama estimou que, como resultado dessa regra, 750 mil pessoas estariam sujeitas a controles de segurança.

Nesta quarta-feira (14), Nikolas Cruz, de 19 anos, entrou em Marjory Stoneman Douglas High School em Parkland, na Flórida, e matou pelo menos 17 pessoas com um rifle AR-15.

Loading...
Revisa el siguiente artículo