Refugiados e crise na Venezuela disputam principal prêmio do fotojornalismo

Por Metro Internacional

O concurso World Press Photo 2018 anunciou os seis finalistas para a foto do ano. Este é o principal prêmio de fotojornalismo no mundo.

A cerimônia de premiação ocorrerá no dia 12 de Abril em Amsterdam, mas Lars Boering, diretor-gerente do grupo, já revelou os finalistas para divulgar o evento.

Três das imagens finalistas foram clicadas por fotógrafos independentes atribuídos ao The New York Times.

Duas fotos são de Ivor Prickett, mostrando vítimas da batalhe de Mossul.

Foto Reprodução / Mossul CreditIvor Prickett for The New York Times

 

 

Foto Reprodução / Mosul: 2017. CreditIvor Prickett for The New York Times

Adam Ferguson é dono da terceira imagem que mostra uma menina alistada como terrorista suicida de Boko Haram.

foto Reprodução / DivulgaçãMaiduguri, Borno State, Nigeria. 2017.CreditAdam Ferguson for The New York Times

Patrick Brown de Panos Pictures clicou os corpos de rohingyas mortos enquanto fugiam de Mianmar, imagem feita para a Unicef.

foto Reprodução / Bangladesh. 2017.CreditPatrick Brown/Panos Pictures, for Unicef

Toby Melville, fotógrafo da Reuters, disputa com uma imagem das sequelas de um ataque terrorista em Londres.

foto Reprodução / Londres. 2017. CreditToby Melville/ Reuters

Ronaldo Schemidt, da Agence France-Presse, fotografou a impactante crise política na Venezuela.

foto Reprodução / Foto del venezolano que compite en el World Press Photo / FOTO Ronaldo Schemidt / Agence France-Presse

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo