Exame de DNA revela que ex-funcionário de necrotério fez sexo com cadáver de ex-BBB na Rússia

Por Metro Jornal
Reprodução
Exame de DNA revela que ex-funcionário de necrotério fez sexo com cadáver de ex-BBB na Rússia

Após 10 anos da morte da ex-Big Brother russa Oksana Aplekaeva, cujo corpo foi encontrado na estrada por um caminhoneiro em 2008, a polícia recebeu denúncia anônima de que um funcionário do necrotério havia feito sexo com seu cadáver (necrofilia) antes do enterro.

A polícia exumou o corpo e um exame de DNA revelou a presença de material genético de um dos funcionários que continuava trabalhando no local, identificado como Alexander, de 37 anos.

Ele foi levado à delegacia, mas não foi indiciado, já que a legislação local não considera necrofilia como crime e não há nenhum indício de envolvimento do rapaz com a morte da ex-BBB.

A polícia disse que também não há nenhum indício de que ele tenha feito sexo com o cadáver de outras pessoas.

Forçado a largar o emprego e abandonado pela esposa após o escândalo, o funcionário disse que não pode "negar dados científicos".

A notícia foi divulgada pelo jornal Daily Mail.

 

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo