Adolescente é condenada a passar 40 anos em hospital psiquiátrico

Por Metro Internacional

Uma adolescente passará 40 anos em um hospital psiquiátrico depois de apunhalar uma colega de classe para agradar um personagem de terror fictício chamado Slender Man.

Morgan Geyser, de 15 anos, foi condenada a ficar em um centro de saúde mental depois que um juiz determinou que ainda representa um risco para ela e para outros.

No tribunal, a garota teve uma crise de choro e disse: "Eu só quero que Bella (o apelido da vítima) e sua família saibam que sinto muito".

Morgan e Anissa Weier atraíam a colega Payton Leutner para um parque em Milwaukee, nos Estados Unidos,  e a esfaquearam 19 vezes.

As três meninas tinham 12 anos naquele momento. Payton sobreviveu ao ataque, rastejando até uma rua e pedindo a ajuda de um ciclista.

Ao julgar, o juiz Michael Bohran disse: "O que não podemos esquecer é que esta foi uma tentativa de assassinato".

Segundo o The Independent, Morgan se declarou culpada da tentativa de homicídio em primeiro grau em outubro do ano passado para evitar a prisão.

Os especialistas deram avaliações diferentes da saúde mental atual de Morgan. Um médico disse que a adolescente estava ouvindo vozes de uma pessoa chamada Maggie em setembro. Já dois médicos sugeriram que ela poderia se mudar para um centro menos restritivo com mais pacientes da mesma idade.

A outra acusada, Anissa, foi condenada a 25 anos em um hospital de saúde mental em dezembro do ano passado.

Ela se declarou culpada de fazer parte de uma tentativa intencional de assassinato em segundo grau, mas disse que não era responsável por estar mentalmente doente.

foto Reprodução / news.sky.com
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo