Atriz pornô aumenta mistério sobre suposto caso com Trump

Por Ansa
Getty Images
Atriz pornô aumenta mistério sobre suposto caso com Trump

A atriz pornô Stephanie Clifford, mais conhecida como "Stormy Daniels", não desmentiu nem confirmou que tivera uma relação extraconjugal com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em 2006, quando ele já era casado com Melania.
Em entrevista ao comediante Jimmy Kimmel, Clifford também rechaçou que tenha autorizado a divulgação de um comunicado negando o caso com o republicano. A nota havia sido publicada pouco antes do primeiro discurso de Trump sobre o Estado da União e atribuída à atriz.
"Nas últimas semanas, me pediram muitas vezes para comentar os rumores sobre minha suposta relação com Donald Trump muitos, muitos anos atrás. Eu não a nego porque fui paga, como dizem os tabloides. Eu a nego porque [a relação] nunca correu", diz o comunicado.
Confrontada com a nota por Kimmel, Clifford tomou distância.
"Não parece minha assinatura, não sei de onde chegou", afirmou a estrela pornô. Em seguida, o comediante leu trechos de uma entrevista concedida pela atriz em 2011 e na qual ela dava detalhes de sua relação com Trump.
Ao ser perguntada se algo daquele relato era verdade, Clifford respondeu: "Defina 'verdade"". Segundo o diário "The Wall Street Journal", um advogado do presidente pagou US$ 130 mil para a atriz não falar sobre a suposta relação.
O acordo foi fechado em outubro de 2016, pouco antes das eleições que levariam o magnata à Casa Branca, mas não se sabe se ele tinha conhecimento da negociação. Além disso, um artigo posterior da revista digital "Slate" confirmou o pagamento.
Segundo o autor do texto, Jacob Weisberg, a própria Clifford contara a ele, entre agosto e outubro de 2016, detalhes sobre o caso.

Loading...
Revisa el siguiente artículo