EUA investigam acidente envolvendo "piloto automático" da Tesla, diz fonte

Por Reuters
REUTERS/Kim Hong-Ji
EUA investigam acidente envolvendo "piloto automático" da Tesla, diz fonte

A Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário (NHTSA) dos Estados Unidos, está enviando investigadores para examinar o acidente envolvendo um veículo da Tesla, aparentemente rodando no modo semiautônomo, e um caminhão de bombeiros na Califórnia, disse uma pessoa com conhecimento sobre o assunto nesta quarta-feira.

O movimento segue um anúncio na terça-feira pelo National Transportation Safety Board (NTSB) que enviou dois investigadores para realizar uma “investigação de campo” no acidente de segunda-feira em que o motorista disse que o veículo estava no modo “piloto automático”.

A Tesla não quis comentar sobre o caso.

As investigações do governo aumentam o risco para Tesla e montadoras em um momento em que a indústria tenta aprovar uma legislação federal que facilite o lançamento de carros autônomos.

A NTSB pode fazer recomendações de segurança, mas apenas a NHTSA pode pedir às montadoras que retirem veículos inseguros ou multá-las se não corrigirem os defeitos de segurança em tempo hábil. Antes que a agência possa exigir um recall da Tesla, primeiro deve abrir uma investigação formal, um passo que ainda não tomou.

A investigação da NTSB é a segunda do comitê de segurança por uma falha da Tesla que pode estar ligada ao piloto automático, o sistema de assistência ao motorista semiautônomo do fabricante de automóveis, que controla algumas tarefas e permite que os condutores, sob certas condições, retirem as mãos do volante por períodos prolongados.

A Tesla exige que os usuários aceitem manter as mãos no volante “em todos os momentos” antes que possam usar o piloto automático.

Loading...
Revisa el siguiente artículo