Menino que chegava na escola 'congelado' recebe doações de chineses

Por Metro Internacional

A história de Wang Fuman, um menino chinês de 7 anos, emocionou o mundo depois que o ele chegou com os cabelos congelados na escola devido ao longo caminho em baixas temperaturas .

A criança caminha cerca 4,5 quilômetros a 9 graus abaixo de zero para chegar até o local que estuda em Zhaotong, uma área rural da província de Yunnan, na China.

Wang Fuman chegou na escola com os cabelos e as sobrancelhas congelados e o rosto avermelhado por conta das temperaturas baixas.

Segundo o site El Comércio, milhares de chineses se mobilizaram para ajudar e entregar roupas à criança, que vive com sua avó e uma irmã mais velha. Até agora, um total de 2.159.100 yuan (1.080.000 reais) foram doados para Wang Fuman e sua escola.

"Wang anda todos os dias uma hora e meia com uma temperatura de nove graus abaixo de zero, ele é um exemplo", disse o diretor da escola.

O menino, que agora tem o apelido "Snowflake Child", criança floco de neve em inglês, receberá uma ajuda, assim como a instituição que, apesar das baixas temperaturas, não contava com um sistema de calefação.

Snowflake child Reprodução / Divulgação
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo