Morre bebê de mulher que viralizou ao posar com 20 mil abelhas em seu ventre

Por Metro Jornal
Emersyn Jacob morreu devido a um problema de coagulação - Reprodução/Facebook
Morre bebê de mulher que viralizou ao posar com 20 mil abelhas em seu ventre

Há algumas semanas, um ensaio fotográfico de Emily Mueller, de Ohio, nos Estados Unidos, viralizou nas redes sociais. Nas imagens, mais de 20 mil abelhas rodeavam o seu ventre.

Porém, no sábado (12), Emily publicou uma uma notícia devastadora em seu Facebook. "É com uma profunda tristeza que eu compartilho que nosso doce Emersyn Jacob nasceu um anjo ontem", escreveu. “Jesus decidiu que ele precisava do próprio apicultor e o tirou de nós, levando Emersyn Jacob para conviver com Ele."

Emily contou que estranhou o fato de não sentir seu bebê se movendo e decidiu procurar um médico. No hospital, faltando apenas seis dias para ela dar à luz, foi informada que seu filho teria morrido devido a um problema de coagulação. A causa oficial da morte ainda está sendo investigada.

De acordo com a revista People, a paixão de Emily pela apicultura foi uma maneira que a dona do Mueller Honey Bee and Rescue, empresa da família, encontrou para lidar com gestações mal sucedidas.

O relatou inspirou muitas famílias a compartilharem suas histórias com Emily, que agradeceu o apoio. Porém, muitos internautas acusaram a mãe de ter contribuído para o acontecimento, por causa das fotografias com as abelhas. Emily respondeu: "O meu doce Emersyn não morreu por eu ser uma apicultora ou ter abelhas no meu corpo. Na verdade, se o risco do nosso filho morrer por causa de uma picada existisse, mulheres grávidas deveriam ser alertadas a nunca saírem de casa ou andarem descalças ou a nunca fazerem um pique-nique. Essa ignorância é repugnante."

Após dar à luz ao pequeno, a família decidiu homenageá-lo com uma comovente sessão de fotos:

Loading...
Revisa el siguiente artículo