Briga com sogra pode ter motivado massacre em igreja no Texas

Por Metro Jornal São Paulo
Vigília de moradores de Sutherland Springs - Reuters
Briga com sogra pode ter motivado massacre em igreja no Texas

Devin Patrick Kelley, o atirador que no último domingo massacrou 26 fiéis em uma igreja na área rural do Texas, enviou mensagens ameaçadoras para sua sogra por conta de uma “situação doméstica” envolvendo sua família, disseram autoridades.

“Havia uma situação doméstica acontecendo dentro da família e com os sogros”, disse Freeman Martin, porta-voz do Departamento de Segurança Pública do Texas. “A sogra ia a essa igreja. Sabemos que ele enviou ameaças, que ela recebeu mensagens de texto ameaçadoras dele.”

Kelley, 26 anos, branco, casado, dois filhos,  que já fez parte da Força Aérea americana e foi desligado por distúrbios mentais, se matou após uma troca de tiros com moradores, disse o chefe de polícia do distrito de Wilson, Joe Tackitt.

No final da manhã de domingo, Kelley entrou vestido de preto na Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs e, com um rifle Ruger AR-556, disparou contra os fiéis que estavam no culto. Além das 26 pessoas que morreram, outras mais de 20 ficaram feridas.

Depois que o agressor deixou o local, dois moradores da cidade armados o perseguiram em veículos. A perseguição terminou quando o atirador bateu seu carro e então atirou contra si mesmo, segundo informou o xerife Tackitt.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo