Farc libertam general do Exército e outros reféns

Por Carolina Santos
| Defense Ministry/Handout via Reuters/Reuters Soldado libertado fala com o primeiro-ministro da Colômbia Juan Carlos Pinzón | Defense Ministry/Handout via Reuters/Reuters

As Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) libertaram ontem o general Rubén Darío Alzate, o militar de mais alta patente já capturado pelo grupo, e dois outros reféns. A medida abre caminho para a retomada da negociação de paz, suspensa pelo governo depois do sequestro, ocorrido há duas semanas.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, havia suspendido o diálogo com as Farc e condicionado a retomada das conversas à libertação do general Alzate, de uma advogada civil e de um suboficial. Eles foram sequestrados em uma região de selva no Departamento de Chocó, no noroeste do país.

Santos escreveu em seu perfil no Twitter que os reféns se encontravam “em perfeitas condições”. Segundo ele, os três se reuniriam com as famílias tão logo quanto as condições meteorológicas permitissem.

Em comunicado divulgado após a libertação dos reféns, as Farc pediram novas regras para as negociações e um acordo de cessar fogo para evitar novas interrupções no processo de paz.

O ministro da Defesa, Juan Carlos Pinzon, se encontrou com os reféns. 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo