Manifestantes invadem e colocam fogo no Parlamento de Burkina Fasso

Por lyafichmann
Manifestante carrega pedras diante de barricada em chamas em rua de Ouagadougou, capital de Burkina Fasso | Joe Penney/Reuters Manifestante carrega pedras diante de barricada em chamas em rua de Ouagadougou, capital de Burkina Fasso | Joe Penney/Reuters

Milhares de manifestantes invadiram o Parlamento de Burkina Fasso nesta quinta-feira e atearam fogo ao prédio, antes da planejada votação de um projeto que permitiria ao presidente concorrer à reeleição, disseram testemunhas da Reuters.

A multidão depois seguiu em direção ao gabinete do primeiro mininistro, enquanto um helicóptero do governo sobrevoava e área disparando bombas de gás lacrimogêno, de acordo com as testemunhas.

Os manifestantes também invadiram o prédio da TV estatal e tiraram o canal do ar. Alguns soldados que estavam de guarda no local atiraram para o alto para tentar afastar a multidão, mas tiveram que correr diante do avanço dos manifestantes.

Está prevista para esta quinta-feira a votação no Parlamento de um projeto proposto pelo governo para mudar a Constituição e permitir ao presidente Blaise Compaore concorrer à reeleição no ano que vem, quando ele deixaria o cargo após atingir o limite de dois mandatos.

A maioria dos deputados ainda não havia chegada ao Parlamento quando os manifestantes invadiram o prédio.

“Nós fizemos isso porque Blaise está tentando ficar por tempo demais. Estamos cansados dele”, disse Seydou Kabre, um manifestante no meio da multidão a caminho do gabinete do premiê. “Queremos mudança, ele tem que sair!”.

Manifestantes invadiram o Parlamento depois que a polícia atirou para o alto na tentativa de dispersar a multidão. Diante do protesto, a polícia foi obrigada a escapar, segundo as testemunhas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo