Em nova tradução de documento, Igreja muda tom sobre homossexuais

Por lyafichmann
Papa participou de encontro de bispos | Alessandro Bianchi/Reuters Papa participou de encontro de bispos | Alessandro Bianchi/Reuters

Uma nova tradução, em inglês, do relatório preliminar do encontro de bispos, divulgada nesta quinta-feira, altera de forma significativa a maneira como a Igreja se posiciona com relação a homossexuais. O documento original, divulgado na segunda-feira, provocou alvoroço no Vaticano ao sinalizar uma abertura em relação aos gays.

Na versão original havia uma seção inteira chamada “Recebendo os homossexuais”, que pedia à Igreja que lhes desse “espaço fraternal” e dizia que sua união constituía um “apoio precioso” aos parceiros.

Na nova versão, o nome da seção foi mudado para “Auxílio aos homossexuais”, mencionando apenas “apoio valioso”.

Há também uma mudança sutil de tom entre as duas versões quando o sínodo pergunta se a Igreja seria capaz de “acolher” os homossexuais, na versão original, e “auxiliar”, na tradução mais recente.

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, disse que bispos de língua inglesa haviam solicitado as mudanças, argumentando que a primeira tradução tinha erros. Segundo Lombardi, haverá uma investigação. Ele não descartou uma terceira versão do documento, cujo original é em italiano.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo