Cometa Halley retorna ao céu após quase 30 anos

Por lyafichmann
Halley retorna ao céu neste mês após quase 30 anos | Reprodução/Nasa O fenômeno resultará em chuva de meteoros no fim do mês | Reprodução/Nasa

O cometa Halley retornará ao céu da Terra, após quase 30 anos. Restos do corpo celeste serão derramados, deixando um rastro de poeira cósmica enquanto este se desloca pelo Sistema Solar. Quem quiser ver, é só ir a um descampado nos dias 21 e 22 de outubro.

Viajando em alta velocidade, os restos queimam a cerca de 60 quilômetros acima da superfície da Terra.

As partículas do cometa fluem para a atmosfera terrestre, mas não há perigo algum. Os restos são minúsculos, do tamanho de grãos de café.

A visão será de uma chuva de meteoros. Os corpos celestes vêm em trajetórias paralelas, mas a distância faz com que pareçam emanar de um ponto no céu.

Não é necessário nenhum equipamento especial para fazer a observação. Na melhor das hipóteses, é possível para ver 25 estrelas cadentes por hora.

Estrelas cadentes são, na verdade, meteoros em movimento rápido e que muitas vezes deixam uma poeira de luz pelo caminho depois de serem incinerados.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo