Chuvas deixam 400 mortos na Índia e Paquistão

Por Nadia
Mohsin Raza/Reuters Quase 400 mil pessoas permaneciam presas nas áreas tomadas pela água | Mohsin Raza/Reuters

As chuvas torrenciais do fim de semana no Paquistão e na Índia deixaram quase 400 mortos e milhares de pessoas bloqueadas pela água, anunciaram as autoridades.

Os serviços de emergência tentavam resgatar os moradores bloqueados na região montanhosa da Caxemira, entre Índia e Paquistão.

Quase 200 pessoas morreram do lado indiano, anunciou Rajesh Kumar, comandante de polícia da região. As autoridades paquistanesas anunciaram um balanço de 206 mortos, a maioria na província de Punjab.

Milhares de soldados, policiais e funcionários das forças de emergência foram mobilizados nos dois países para distribuir água potável, cobertores e outros materiais.

“A situação no vale da Caxemira permanece muito sombria, bastante crítica”, disse Kumar à AFP. “A principal estrada continua bloqueada. Felizmente, outras vias foram restabelecidas”, completou.

Quase 400 mil pessoas permaneciam presas nas áreas tomadas pela água no lado indiano, segundo a agência Press Trust of India (PTI).

As redes de água e energia elétrica foram restabelecidas em algumas áreas menos afetadas.

Mani Rana/Reuters Mani Rana/Reuters
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo